março 27, 2007

Presença Portuguesa no Circuito Centúrio 2007

A época internacional de Paintball já se iniciou e contou logo no seu início com presença portuguesa.

Foi na 1ª etapa do Circuito Centurio (
http://www.centurio-eepl.com/ ), nos dias 24 e 25 de Março em Atenas, que participaram 4 EuroRefs portugueses, o Carlos Barranhas, que teve ainda a honra de ser HeadMarshall num dos 3 campos da prova, o Sérgio Pereira, o Pedro Esteves e o Domingos Leitão.

O convite surgiu 3 semanas antes da prova dado que o “board” do Centurio apostou para 2007 em árbitros “profissionais”, os EuroRefs, que também já arbitram há alguns anos no Millennium Series, em detrimento das arbitragens de equipas em troca de pontos para o ranking.

Para além dos portugueses, havia também árbitros oriundos da Bélgica (5) e Alemanha (4) com o contributo de 6 árbitros gregos recém-formados.

A prova decorreu sem incidentes de maior e contou com o apoio no local da Estratego e do Pedro Campos de Oliveira que proporcionou uma festa de entrega de prémios com muita animação.

Os portugueses têm angariado fama se serem bons árbitros de Paintball por essa Europa fora, actuando com seriedade e isenção, e este facto vai permitir que na 1ª etapa do Millennium Séries em Toulouse, nos próximos dias 7 a 9 de Abril, estejam presentes um número recorde de 7 árbitros portugueses espalhados pelos diversos campos com a probabilidade do Carlos Barranhas ser novamente HeadMarshall num deles.

Refiro ainda que o Carlos em Dezembro de 2006 foi um dos 4 árbitros do Millennium de 2006 escolhidos para ir dar formação a árbitros asiáticos na Malásia e para arbitrar a World Cup Asiática que se disputou naquele país.

Vemo-nos em Toulouse

By Dom

16 fps

março 23, 2007

Mail - Clube Raia Aventura


A Associação Clube Raia Aventura foi novamente a organizadora de uma das etapas do Campeonato Nacional de Paintball, realizado mais uma vez nas Termas de Monfortinho nos dias 2 e 3 de Março e que contou com o apoio incondicional da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. Esta etapa que deveria ter sido a 3ª prova do campeonato, mas que por falta de espaços veio a ser adiada, acabando por ser a 2ª, e repetir a sua realização no Estádio de Monfortinho, com a organização da Raia Aventura que até ao momento foi a organizadora das duas provas realizadas. Este evento que contou com a participação de 47 equipas divididas pelos 4 escalões competitivos.

A nível de resultados, os vencedores foram os PAINTOON na categoria de PRO (1ª div.), e que são os fortes candidatos ao título, em AMA7 (2ª div.) ficou o BANDO DE IRMÂOS, em AMA5 (3ª div.) foram os TINTAPURA e em NOVICE (ultima div.) ganharam os PAINTLAND.
Relativamente aos PAINTBOLIX, esta prova também não correu da melhor maneira dado que só conseguiram ganhar um jogo, classificando-se em último das 14 equipas de AMA7 (2ª div.).

Já no passado dia 17, foi a vez do OPEN de Lisboa, que decorreu no Megacampo em Mafra, onde disputaram o escalão de AMA, na qual a equipa Paintbolix luta por um lugar no podium. Esta prova correu muito bem, onde a equipa da Raia Aventura só perdeu um jogo, acabando no entanto por empatar em numero de vitórias com mais duas equipas, mas que por uma questão de um jogador eliminado não passou ás finais, o que tornou a luta pelo 1º lugar praticamente impossível, mas que ainda há possibilidades de subirem ao 3º lugar da classificação Geral. Este campeonato é o mais disputado em número de equipas a nível nacional, contando com a presença de 31 equipas de AMA5.

Nos dias 14 a 19 de Março, estiveram de visita no distrito um grupo etnográfico dos Açores, onde actuaram em vários locais dos Concelhos de Castelo Branco, Penamacor e Idanha-a-Nova, nos quais encantaram o publico com o trabalho que tem desenvolvido. Esta iniciativa partiu da parceria do Cancioneiro de Castelo Branco e da Associação Clube Raia Aventura, na qual pretende manter uma “ponte” de ligação entre a Beira Baixa e os Açores através deste grupo denominado Modas da Nossa Terra. Nesta visita do grupo Açoriano, destacam-se as sua actuações no Lar do Salgueiro do Campo para os idosos ali residentes, e a recepção a S. Exa o Sr. Bispo D. José Alves, também no Salgueiro do Campo, para alem de estarem integrados nas Comemorações da Cidade de Castelo Branco onde actuaram na noite de 18 no Centro Cívico da cidade.
Resta agradecer á Câmara Municipal de Castelo Branco se prontificou a apoiar esta iniciativa e que sem este apoio não era possível realizar, mas também aos restaurantes “Fonte Férrea” de Panamacor, “Grelhados e Granitos” de Monsanto, “O Espanhol” de Idanha, “Mesa Cheia” de Castelo Branco e “A Nave” do Salgueiro do Campo, como também ao “Quiosque Vidal” e o bar “Pipas – Irish Pub”, ambos no centro da cidade de Castelo Branco e que todos também apoiaram de uma maneira ou de outra esta iniciativa, e que muito se agradece.
Como rescaldo, ficam algumas saudades, não só de voltar a ouvir este encantador grupo etnográfico, como também a sua boa disposição que todos transmitem a quem os acompanham, e a oportunidade do “Cancioneiro de Castelo Branco” ir demonstrar o seu trabalho aos Açores com o acolhimento do grupo “Modas da Nossa Terra”, possivelmente ainda este Verão.
16 fps

março 22, 2007

Regional Azimut 2 by Carla

Regional Azimut- 2ªEtapa

Em mais uma prova do estrondoso crescimento do paintball no Algarve, o Campo Azimut acolheu a 2ªetapa do Regional.
Uma etapa brindada por um tempo maravilhoso, um sol acolhedor e uma temperatura amena a fazer lembrar os tão desejosos dias de Primavera.
18 equipas competiram ferozmente por um lugar no pódium. De salientar o facto de apenas existir o escalão Novice por falta de equipas a inscreverem-se no escalão Open, o que é sem dúvida um ponto negativo do torneio.
No que diz respeito à logistica, a minha apreciação não podia ser mais positiva. A prometida zona de jogadores coberta, lá estava, com mesas devidamente identificadas com os nomes das equipas e calendário de jogos disponível para que todos pudessemos acompanhar o desenrolar do torneio. O ar esteve ao mais alto nível, sem nunca criar as tão infernais filas que todos nós odiamos. O serviço de bar, mais uma vez, não defraudou as expectativas, com uma comidinha saborosíssima e apetitosa. O que de facto eu considero grave, é novamente a ausência de uma ambulância no local, esse é um aspecto, que do meu ponto de vista, não pode falhar em nenhum torneio de paintball.

O campo

Desta vez, o campo de jogo não me agradou. Os obstáculos eram na sua maioria pequenos demais, até para mim, que sou uma jogadora relativamente baixinha e o campo era muito aberto e pouco ofensivo o que originou maioritariamente, jogos de retranca ao invés de jogos de ataque. O facto de o layout não ter sido postado online, é outra lacuna grave deste torneio, espero que na próxima etapa isso seja tido em conta e corrigido.

Arbitragem

A arbitragem esteve mais uma vez ao cuidado da equipa Piratas. O seu trabalho foi bom, com algumas falhas como é óbvio, nada de muito grave, no entanto tenho a salientar que na última etapa foi bem melhor. O que falhou desta vez, talvez tenha sido a ausência de alguns dos seus elementos substituídos por outros com menos experiência e menos conhecimentos de paintball. Apesar de tudo, parabéns pelo esforço e dedicação demonstrado.

Torneio

O torneio, tal como esperado, começou com alguns minutos de atraso, posteriormente recuperados.
Como já mencionei anteriormente, estiveram presentes 18 equipas todas elas no escalão novice. Cada uma realizou 4 jogos preliminares de onde saíram os apurados para disputarem as finais.
Foi uma etapa renhida, decidida por diferenças mínimas de pontuação e pelos terríveis E/D.
Algumas equipas, demonstraram uma tremenda evolução no seu jogo e foram protagonistas de jogos espectaculares.
De salientar também a presença de equipas novas nestas andanças como os No Mercy, apadrinhados pela associação GOP, uma equipa de jovens promessas cujo jogador mais novo tem apenas 14 anos e que realizaram uma prova excelente, e uma equipa exclusivamente feminina as Corvos Dark Angels. Parabéns a ambos pela fabulosa estreia em competição.

Classificação Final

3ºlugar- Judas: Realizaram uma magnifica prova, perdendo apenas um jogo nos preliminares e um nas finais. Foram os protagonistas de algumas das mais belas jogadas do dia, estiveram muito bem, jogaram de uma forma coesa e ponderada, mas agora não podem existir deslizes nem derrapagens senão o primeiro lugar passa a ser apenas uma miragem.
2ºlugar- Headshot: Equipa fantástica. Derrotaram os Judas nas finais realizando um jogo admirável. Alcançaram um estonteante 2ºlugar na classificação final. Os meus sinceros parabéns.
1ºlugar- Corvos Azimut: Finalmente mostraram a sua garra passando de um 5º lugar na primeira etapa, para um merecido 1ºlugar. Fizeram jogos soberbos, gostei muito da sua prestação, do companheirismo e da amizade e alegria que sempre demonstram ter para com todos. Parabéns.

Aspectos positivos

- As condições do local;
- O melhoramento da zona de jogadores;
- O excelente convívio entre equipas;
- A estreia de uma equipa feminina em competição;

Aspectos negativos

- A ausência de uma ambulância no local;
- O layout do campo não ter sido disponibilizado;
- A ausência do escalão Open;

Apreciação global

Foi mais um dia bem passado, repleto de bons momentos e grandes emoções. Fico realmente satisfeita mas especialmente orgulhosa de constatar que a cada prova surgem mais e mais equipas novas e estreantes na competição, equipas de jovens promessas que irão ser indubitávelmente, o futuro do paintball. Vamos continuar o bom trabalho até agora realizado e esperar pela próxima etapa que se espera que seja ainda melhor que as anteriores.
Mais uma vez, obrigado a todos pela vossa presença.

By Carla aka Fuínha
16 fps

março 20, 2007

OLX 4

De record em record o Open de Lisboa transporta o Paintball nacional a patamares nunca antes imaginados.

No fim-de-semana de 17 e 18 de Março, o Megacampo recebeu a 4ª (e penúltima) etapa do Open de Lisboa. A etapa do inicio das decisões!

Para esta 4ª jornada o Megacampo adicionou ao seu invejável rol de condições oferecidas ao jogador (balneários com agua quente, óptima zona de jogadores, refeições quentes e bebidas frescas, ambulância, zona de limpezas, técnico de reparações de marcadores, novo quadro de pontuações, sistema informatizado…) inúmeras máquinas de água distribuídas pela zona de jogadores e entrada dos campos, um patrocínio da Agua Fonte Viva ao OLX chegado pela mão da Xteam.

Ambos os campos foram desenhados, apresentados e montados com mais de uma semana de antecedência, um passo em frente que pretendemos manter.
O desenho de ambos os campos privilegiou as equipas que melhor conseguem funcionar como conjunto, porque a agressividade prematura era enganadora, e depois de adquirida a vantagem foi muito complicado dar a volta aos resultados.
Mais duas óptimas criações by Soneca, o field designer do momento que o OLX revelou ao Mundo.

Quanto aos dois dias de Open de Lisboa, foram mais dois dias mega competitivos vividos num ambiente espectacular. Uma importante demonstração de união, companheirismo, crescimento e saúde, nesta altura em que o nosso desporto se prepara para juntar aos desportos federados.

Sábado, DIVISÃO AMADOR 5man

Apresentaram-se 27 equipas nesta que provavelmente será a divisão mais renhida de todas as divisões nacionais. 27 equipas que ao longo de seis partidas batalharam para ser uma das quatro mais bem pontuadas e assegurar um lugar nas finais.

Foi mais uma jornada de competitividade extrema, com sete formações separadas por meros “tremoços” mas é assim o nosso desporto e com tão grande selectividade apenas os (realmente) melhores conseguem um ambicionado lugar nas finais.
È muito gratificante testemunhar a evolução da esmagadora maioria destas equipas que em menos de um ano deixaram de ser apenas grupos de amigos para se tornarem temíveis equipas de Paintball. Portanto é também já noutro patamar de exigência que opino.

Nesta Divisão pode-se perder ou ganhar com praticamente qualquer Team, o que torna ainda mais angustiante a tarefa dos matematicamente favoritos à Gloria final do OLX.

A etapa deu o seu primeiro tiro às nove da manha de sábado, parou uma hora para almoço já com avanço sobre o calendário e estendeu-se até pouco depois das cinco da tarde. Pelo meio ficaram centenas de emoções ganhas ou perdidas mas sem dúvida vividas à nossa velocidade: 300 fps.

27- Um péssimo torneio para os FUSION PLAN B. Realce às dificuldades que conseguiram criar aos Paintland (0 -2) mas este saldo final não se pode repetir pessoal.

26- Apenas uma vitoria, convincente (3 +4), sobre os Blindside, inacreditável o torneio dos GRIFFONS

25- Uma vitória por um homem com os Logical, foi o registro final dos BLINDSIDE.

24- Os THE SAINTS não têm uma folha de resultados alegre. Assinalam um interessantíssimo 3 +5 aos Dukes, mas nas restantes partidas deram pouca luta aos Tubarões.

Vou estar atento a estas equipas na próxima época, quando confrontadas com calendários menos exigentes, porque é naturalmente visível que estão muito melhores que no início da temporada, mas eu espero sempre mais delas, mesmo quando os Tubarões abundam nos calendários.

23- Os DUKES são para mim uma das melhores equipas da divisão de 5 homens, espero que este resultado os obrigue a regressar ao topo. Apenas uma vitória esmagadora (3 +5) sobre os Griffons é uma miséria para o valor dos elementos que formam esta equipa.

22- Os PEOPLES ARMY continuam uma etapa muito bem e outra muito mal, é inexplicável.

21- Depois da excelente prestação na LPP, estava à espera de um danoninho mais dos PAINTLAND EVOLUTION. Levaram de vencida os Wild Cats e os FBI, o que é inquestionavelmente muito bom, mas eu esperava (ou queria) mais 3 pontinhos.

20- Duas vitorias para os PAINTLANDERS, um resultado agradável para a mais jovem das equipas Paintland.

19- Os RESGATE KIDS fizeram um torneio interessante. Não foi o seu melhor mas também não foi o seu pior. Assinalam duas vitórias e deram muito trabalho a muito boa gente.

18- A ESQUADRA LUSA não foi apenas mais uma equipa que a Estratego estreou na competição, foi também a equipa sensação da jornada, e desde já um sério aviso de que estamos na presença de uma equipa de Paintball também de competição. Vindos do Open Cammo, nesta sua estreia no pb insuflado trouxeram duas vitórias, uma sobre os Army e outra sobre os Dukes, apenas duas das formações mais fortes da divisão. Nem vale a pena repetir os “parabéns”, fico-me pelo absolute Respect!

17- Os ZONA OESTE WILD CATS fizeram o seu pior torneio. Desconheço o que se passou mas não se pode repetir porque estas escorregadelas reflectem-se sobremaneira no Ranking final.

16- Os LOGICAL são outra daquelas equipas de quem nunca se sabe o que esperar.

15- Os RELÂMPAGOS II primam pela consistência nos resultados, gosto desta equipa, vamos ver o que conseguem evoluir.

14- O BANDO DE IRMÃOS 5.2 fez um óptimo torneio! Mesmo com um calendário aterrador, foram imbatíveis no Campo Tomahawk e deram muita luta no Campo de baixo. Duas vitorias e um empate, um resultado impressionante!

13- O BANDO DE IRMÃOS 5 está a aproximar-se dos seus pergaminhos e acima de tudo a aproximar-se da união do conjunto, da verdadeira equipa. Para a próxima época já devem doer a sério.

12- Depois do brilharete da 3ª jornada, estava curioso para ver a performance dos WS FUSION. Não conseguiram estar ao nível da jornada anterior regressando aos seus habituais registros bem dentro da primeira metade da tabela classificativa.

11- Os ELITE VINTAGE foram uma das três melhores equipas de Paintball do século XX. Rever os meus adversários é sempre algo muito especial… Enfrentaram um calendário muito complicado mas ao contrario das jornadas em que participaram na temporada passada, desta vez não lhe conseguiram dar a volta. O nível do Paintball na divisão 5man evolui-o bastante meus velhos amigos.

10- Os miúdos da XTEAM KIDS estão de novo em alta, o que só vem provar que quanto mais se pratica melhor se pratica. Eles esperam sempre mais mas por mim fico satisfeito apenas por os ver progredir.

9- Os DEMOLITION nunca saíram do Top Tem do ranking do OLX e a cada jornada ameaçam entrar no escol das finais. Desta vez escorregaram com os Alma Mater e com os Elites, uma derrota a mais para esta divisão mega exigente.

8- ALMA MATER… os meus buddys (com os Xkids) da Liga Xball estão a aproximar-se a passos largos do Respect. Muito bom trabalho pessoal, continuem!

7- Os RIPPERS, depois das finais na jornada anterior, voltaram a estar bem dentro da zona quente da divisão. Ficaram na exasperante contagem dos E/Ds, uma posição de luxo para uma equipa com imenso historial que agora se renova. Força pessoal!

5º- PAINTBOLIX YASHIDA e ZONA OESTE
Tal como os Rippers, ambos ficaram arredados das finais pelas diferenças de E/D. Uma derrota é o suficiente para se comprometer a presença nas finais. Tem sido assim ao longo de toda a época e é assim que só os melhores chegam à glória.

4º- Os FBI repetiram a presença nas finais alcançadas na 1ª jornada, parabéns pessoal.

3º- A PAINTLAND limpou a folha (só vitorias) na Fase Preliminar do Torneio mas mais uma vez não conseguiu levar para casa o troféu respeitante ao 1º lugar de uma jornada do OLX. Fica a consolação da garantia de um lugar no podium final do Ranking.

2º- Os MAGMA estão a fazer um 2007 de sonho, com finais em todos os torneios que participam. Também apresentaram uma folha limpa na Fase Preliminar e estiveram fortíssimos nas finais, perdendo apenas na última partida do dia contra a Paintland. Mas que grande torneio, parabéns!

1º- A primeira vitória da época dos PINTABOLAS NEW GENERATION foi suadíssima. Nos Preliminares perderam uma partida para os BI5, e nas finais outra para os Magma, levando a Gloria apenas na contagem dos totais E/D. Parabéns miúdos, principalmente para o Puto Quim.

ARBITRAGEM

Campo 1 – A Xteam num curtíssimo espaço de tempo conseguiu formar uma equipa de arbitragem de 5 elementos que fizeram um trabalho muito superior a outras que o fizeram com a equipe completa. Tenho de mencionar o respeito que as novas equipas já demonstram pelo carácter da Xteam, e o Tico a quem apenas vi cometer um erro demonstrando uma fibra e um saber estar quase exemplar num árbitro de Paintball. Parabéns e muitíssimo obrigado pessoal.

Campo 2 - B52s
Não recebi demasiadas críticas ao seu trabalho e a avaliação feita pelas quatro equipas finalistas pontuou-os acima da média. Infelizmente foram penalizados por não apresentarem os 7 elementos necessários para se compor uma equipa de arbitragem.

Foi mais um grande sábado de Paintball de Competição. Foi mais um record nacional de presenças de equipas.
Já todos percebemos que somos uma família grande, conto duas, talvez três equipas que ainda não estão completamente entrosadas com a família, por isso o ambiente ao longo do dia está cada vez mais fantástico, o que se reflecte na quantidade de nós que ficámos para aplaudir os vencedores.

NEGATIVO
A tinta magenta
A falta de equipas interessadas em arbitrar.

POSITIVO
O ambiente.
As meninas, suficientes para se formar uma equipa.
O crescimento do número de treinadores conceituados a coordenar o pré-jogo das jovens equipas.
A presença da JCT com a tinta Cactus.
O aparecimento de novas equipas na Competição, uma constante nos Opens.
As equipas que vêm de longe para jogar entre os melhores.
O senhor José Coelho e sua família, do Bar Megacampo.


Domingo, DIVISÃO OPEN 7man

15 equipas estiveram presentes nesta 4ª jornada do Open de Lisboa, provavelmente a divisão mais dura de todas as divisões nacionais. Seis delas ombrearam até ao último jogo por um dos quatro lugares nas finais, tendo-se de recorrer ao 5º critério de desempate (ranking no OLX) para se saber quem seriam as equipas apuradas para a final. Elucidativo!

A etapa deu o seu primeiro tiro às 09.18 da manha, fez uma paragem de uma hora para almoço e terminou às 16.30. Pelo meio ficaram horas de Paintball de elevada qualidade protagonizado por praticamente todas as figuras maiores do nosso desporto num ambiente que me agradou bastante quer dentro quer fora das redes.

15 – Os LISBON KNOCKOUT fizeram frente à Estratego e aos Titans, mas não conseguiram anotar qualquer ponto. Uma jornada para esquecer, ou como outros dizem: para lembrar e não repetir.

14- Os LOBOS continuam a reestruturar-se, desta vez com a ambientação à alcateia dos ex Party Boyz, mas sem a presença dentro das redes do líder Ti Toi as prestações do todo ressentem-se.

13- Olhando para a folha de resultados dos METRALHAS 2 lê-se que criaram problemas à Xteam, aos Titans e aos Metralhas 1, e empataram com a Estratego. Um ponto é um resultado escasso quando comparado com o da 3ª etapa.

12- A XTEAM 7TH foi a única equipa capaz de derrotar os Xplosiv na Fase Preliminar. Não existem calendários fáceis nesta divisão, mas existem calendários menos difíceis que o que lhes tocou. Conseguiram fazer frente à Xteam e aos Pintabolas, nada mau.

11- A XTEAM EVOLUTION começou o dia com uma vitória sobre a Estratego e um empate com a Xteam, mas só voltaram a estar à altura no final dos preliminares com 0 -2 frente aos Trolls. Fizeram um bom torneio.

10- Os giga reforçados UNDERGROUND não conseguiram dar a volta ao calendário. Venceram adversários de muito nível como os Voodoo e os Titans mas com reforços tão carismáticos seria de esperar bastante mais.

9- O BANDO DE IRMÃOS 7 está a melhorar e entrou no Top Ten da jornada. Vitorias sobre a Xteam e a Estratego e derrota por um homem com os Titans, muito bom mesmo.

8- Os ESTRATEGO foram derrotados pelos Evolution e BI7, e empataram com os Metralhas 2. Não fizeram um mau torneio mas também não estiveram ao seu melhor nível.

7- A XTEAM apenas empatou o primeiro jogo do dia, contra os Evolution, e perdeu a partida com os BI7. Ficaram muito próximos da zona quente, fizeram um bom torneio.

6- Os TITANS apenas perderam a partida contra os “irmãos” Underground, mas venceram três partidas por um homem o que, embora os tenha colocado dentro da zona quente, não lhes deu hipóteses no desempate de E/Ds.

5- Os XPLOSIV são para mim a grande revelação deste OLX. Demonstraram dentro das redes uma notável progressão, tendo nesta jornada sido afastados das finais apenas pelo 5º critério de desempate.

4- A derrota dos XTEAM VOODOO com os Underground no último jogo da Fase Preliminar podia ter comprometido uma justíssima passagem destes às finais, finais onde surpreendentemente não conseguiram qualquer ponto.

3- Finalmente tivemos o privilégio de colocar os portuenses METRALHAS no podium do OLX. Chegaram às finais com a folha limpa, tendo sentido alguma dificuldade apenas na partida com os Metralhas 2 que venceram por dois homens. Nas finais ficaram a um homem do 2º posto e a dois homens do 1º lugar. Parabéns Metralhas, não só por este resultado mas também por tudo o que transportam e representam para o nosso desporto.

2- Por apenas um homem os TROLLS voltaram a falhar a posição mais alta do podium do OLX. Apresentaram a folha limpa nos preliminares mas a derrota com os Pintabolas nas finais obrigou-o os Campeões em título a repetir a 2ª posição da jornada passada.

1- Fim-de-semana de festa para os PINTABOLAS que venceram ambas as divisões do OLX. Passaram a Fase Preliminar na 1ª posição e na 1ª posição se mantiveram até ao final do dia, com apenas uma derrota frente aos Metralhas por 2 homens. Saúda-se a primeira vitória dos Pintabolas no OLX 06/07.

ARBITRAGEM

Campo 1 – Os BUNKER KIDS, sem serem perfeitos, estiveram acima da média.

Campo 2 – Foi arbitrado por um conjunto de voluntários: Gabriel (Zona Oeste), Luis Miguel (Zona Oeste), Victor (Paintland Evolution), Carlos (Paintland), Fred (The Saints), Pisco (Energy), e Moreira (Intruders). Sem eles não tinha sido possível. Muito obrigado pessoal.

NEGATIVO
A tinta magenta
A falta de equipas interessadas em arbitrar.

POSITIVO

O ambiente.
O nível de jogo das equipas.
As equipas que vêm de longe para jogar entre os melhores.
A presença da JCT com a tinta Cactus.
A quantidade de miúdos já a jogar em equipas de topo.
As meninas jogadoras.
Os árbitros voluntários.

Parabéns a todos os intervenientes mas naturalmente em particular aos vencedores e aos voluntários.

Uma palavra de agradecimento pela presença da Revista Paintball, do site Paintball na TV, e das futuras mega empresas Sin Corporation e Saints Pakistani. E ao Nuno da JCT que foi o meu companheiro de escritório ao longo de mais dois fabulosos dias de Paintball.

O melhor momento desportivo que presenciei ao longo de todo o fim-de-semana foi ver o Dragun da Paintland sozinho dar a volta a três adversários e colocar a bandeira sobe uma chuva de aplausos. Lindo!
Esperemos então pela 5ª e ultima jornada para aplaudirmos em definitivo vencedores e vencidos.


Siga a tinta…


16 fps

março 08, 2007

Longe das Redes


… e também existe no Paintball aquela Gang que se diverte em conjunto, que também se define como um núcleo familiar, mas que prefere divertir-se precisamente FUGINDO À TINTA.

As jogatanas de football de 5 onde o pessoal da Loja (Artilharia 1) defronta o pessoal dos Escritórios e Armazém (Talaide) são um óptimo exemplo de uma família de Paintballers que vive para alem da Tinta. A família Estratego.

Resultado Final:
Talaide 6 – Loja 0

16 fps

março 06, 2007

2ª etapa LPP - by Domingos

LPP 2

Depois de alguns meses de interregno, a LPP voltou no passado fim-de-semana de 3 e 4 de Março com a realização da 2ª etapa do Campeonato Nacional 06/07 novamente nas Termas de Monfortinho.

Com as mesmas (boas) condições da 1ª etapa (Obrigado C.M. Idanha-a-Nova, RaiaAventura e Mateus) e com um número de equipas similar (registaram-se algumas ausências relativamente à 1ª etapa e contamos com a visita dos vizinhos Madrid Nightmare a terras lusas), celebrou-se assim o regresso já muito aguardado da competição maior do Paintball em Portugal.

A competitividade nos jogos preliminares foi a nota dominante em qualquer dos escalões, permanecendo a incerteza nos 4 finalistas até aos últimos jogos, registando-se algumas surpresas.

Tanto na fase preliminar como nas finais (especialmente nas divisões de 5-man), provou-se que cada vez mais o E/D se torna importante para se ter sucesso na prova. Por um homem se perde por um homem se ganha.

A Arbitragem esteve a cargo de 2 equipas PRO (Metralhas e XTeam VooDoo) e uma AMADOR7 (Lisbon KnockOut).

A comida era simplesmente excelente (ai aquela sopa da pedra……) e a cozinha esteve novamente a cargo dos H-RAQUI J

Os 3 Campos (feitos pelo Jaime Menino) com desenhos diversos e teoricamente muito interessantes, foram “castrados” pela dimensão reduzida do espaço de jogo e pelos obstáculos que foram removidos ao longo da jornada criando alguns vazios complicados de vencer. No entanto as dificuldades são sempre iguais para as duas equipas que entram em campo e foram superadas com maior ou menor mestria

Felizmente o pacto do Mateus com o S. Pedro fez com que a prova se realizasse na integra porque a chuva e o vento que começaram a derrubar as redes só ocorreram quando os jogos nesses campos já tinha terminado.


Muito interessante também foi a presença na entrega de prémios (na zona improvisada nas bancadas cobertas por causa da chuva) do Exmo. Sr. Vereador da C. M. Idanha-a-Nova e que deixou o convite a futuras provas naquele local.

Passando aos resultados


DIVISÃO NOVICE:


Como já referi anteriormente o E/D é cada vez mais decisivo nos dias que correm e esta divisão espelha na perfeição este facto com os 3 1ºs classificados a serem encontrados pela diferença de homens vivos e mortos. A grande surpresa nesta divisão é a ausência dos Energy X ou dos Relâmpagos das finais. Já os Paintland Evo na sua estreia revelaram-se como a grande sensação, arrecadando um brilhante 4º lugar.

4º PAINTLAND EVOLUTION
A surpresa da jornada no escalão, 1º prova na LPP e logo uma ida às finais, pena é que não tenham ido ao pódio mas não deixa de ser um resultado muito encorajador para mais uma equipa da família Paintland.

3º DEMOLITION
Outra equipa que tem revelado muita regularidade, na LPP e no Open de Lisboa. Começa a perfilar-se como um candidato ao pódio final.

2º MAGMA
Uma equipa com uma base familiar (irmãos, esposas e amigos), muito simpática, muito humilde, e que merece sem dúvida este brilharete que espero sinceramente seja repetido em edições futuras.


1º PAINTLAND
Penso que já não é uma surpresa. Tanto na LPP como no OLX têm dado cartas e isso tem-se reflectido tanto nas provas que disputa como nos rankings que ocupa em ambas as competições. Muitos parabéns

AMADOR 5:


Nesta divisão surpreenderam-me os resultados menos conseguidos dos B52´s, dos Pintabolas NG e dos Atomic, de resto o pódio foi muito semelhante ao da 1ª etapa com troca no 2º lugar dos Atomic pelos Intruders Revolution que fizeram uma jornada de sábado impressionante (8 vitórias em 8 jogos) e muito convincente, claudicando somente no jogo final com os vencedores da divisão, os Tinta Pura.

4º ZONA OESTE
Impressionam nos jogos preliminares mas nas finais não acertam com o ritmo da jornada do dia anterior, no entanto não deixam de estar no lote dos favoritos à vitória final. Outra equipa de 5-man que tem dado cartas nos regionais por onde tem passado (OLX e Open Sul)


3º ENERGY 2
Com jogadores com muita experiência e como campeões em título não têm conseguido alcançar a posição cimeira do pódio no entanto até ao fim da época ainda muita bola vai rolar….


2º INTRUDERS REVOLUTION
Já disse tudo. Pelo que fizeram nos preliminares mereciam talvez um prémio maior mas acusaram provavelmente alguma falta de experiência quando a pressão no jogo final apertou. Mas sem dúvida uma equipa a ter em conta em edições futuras.


1º TINTA PURA.
Nas últimas 5 provas (LPP e RLX) registaram quatro 1ºs lugares e um 3º lugar (no regional Sul) e mesmo sem os dois benjamins da equipa mostraram que são sem dúvida um dos candidatos mais fortes à vitória final na divisão rainha de 5-MAN. Para eles, mais importante do que vencer é divertirem-se e presentemente conseguem aliar ambas.


AMADOR 7:

Mais uma divisão em que o equilíbrio no apuramento para as finais foi nota dominante. 3 equipas empataram no 4º lugar com o mesmo número de pontos e o E/D foi novamente decisivo. Equipas como os XPLOSIV e os Paintoon Kids e os XTeam 7th revelaram francas melhorias no seu jogo que se reflectiu nas classificações finais. Só uma diferença nas finais da 1ª jornada, a entrada do Xteam 7th por troca com os Fireballs que nem compareceram.

4º METRALHAS 3
O Clã Metralhas tem aqui mais um representante do qual se pode orgulhar. Na 1ª época em 7-MAN conta com duas finais em 2 provas LPP.


3º XTeam Tth
A subida mais impressionante da jornada, depois do desaire da 1ª etapa, a equipa meteu mãos à obra e tem treinando intensamente para rectificar o mau resultado, falhou a passagem às finais no 2º OLX por pouco e agora recebeu um prémio justo para compensar todo o esforço investido nestas últimas semanas.


2º ENERGY
São teoricamente a equipa mais experiente neste escalão, prova disso são os dois brilhantes resultados obtidos até agor. Após 2 provas estão no lote de 3 equipas que muito provavelmente irão ocupar os lugares finais no pódio.


1º BANDO DE IRMÃOS
Na LPP já não são uma surpresa, 2 etapas duas finais, embora seja o 1º ano neste escalão têm dado provas de maturidade e regularidade de fazer inveja a muitas equipas com mais anos de história. Até onde ira este bando??


PRO:

A prova rainha está sem dúvida ao rubro. Na 1º etapa 6 vitórias não chegavam para atingir as finais, desta vez a diferença entre o 4º e o 11º classificado foram somente de 4 pontos !!! De sábado para domingo houve equipas com diferenças no rendimento quer pela positiva (Ex.: BunkerKids, Pintabolas e Metralhas 2) como pela negativa (Ex.: Kult – 4 jogos 10 pontos no 1º dia e somente 3 pontos nos restantes jogos no 2º dia). Os vizinhos espanhóis de pesadelo só tinham o nome e a equipa Estratego depois de 2 vitórias iniciou uma série de 6 derrotas que os conduziu ao último lugar da divisão nesta etapa, ofuscando a excelente prestação da 1º edição. Realço a prestação muito interessante dos Freaks e dos Gambozinos a baterem por diversas vezes o pé aos tubarões da divisão (Trolls, Bunkerkids, Titans). Mais uma vez o E/D foi necessário para definir o último dos 4 finalitas.


4º TITANS
Sem dúvida o resultado mais surpreendente da jornada. Mesmo com a perda de 2 jogadores ao longo desta época, revelaram-se um conjunto com grande espírito de sacrifício e coração, e provaram que quando querem podem estar ao nível dos melhores. Nas finais acusaram a falta de experiência nestas andanças perante os tubarões que acabaram por ocupar os três 1ºs lugares do pódio.


3º BUNKER KIDS
Equipa habitual nestas andanças, não escapou a um ou outro susto nos preliminares, Tiveram a coragem de lançar às feras um jogador novo oriundo do escalão 5-man, deixando nas meias-finais jogadores mais conceituados de fora. Continuam a ser um dos sérios candidatos à vitória final na divisão PRO.

2º TROLLS
A época muito regular dos Trolls comprova-se por mais um excelente resultado na LPP. Esta época não houve torneio em que os Trolls participassem no qual não tivessem atingido as finais. No TRN são lideres, na LPP estão num sólido 2º lugar à espreita de um deslize dos Paintoon e no OLX ainda não convenceram totalmente mas estou certo de que mesmo aqui as prestações deles irão melhorar de modo a defender o seu título.

1º PAINTOON
Não vou bocejar, mas posso afirmar que o filme da 1ªetapa quase se repetiu, não fossem as 2 derrotas na fase preliminar. Mas quando chega aos jogos decisivos os Paintoon puxam dos galões e não dão qualquer facilidade aos adversários, não cedendo desta feita qualquer jogo. 11 Vitórias consecutivas na LPP. É Obra !!!

Até Campo Maior em Maio.

Dom


16 fps

março 05, 2007

Bunker Kids apostam na renovação

Os Bunker Kids terminaram a 2ª jornada do Campeonato Nacional da LPP no 3º posto, o que os reconfirma como um dos principais candidatos do Triunvirato de onde sairá o próximo Campeão Nacional de Paintball.

Mas não é este o motivo que me leva a escrever sobre os BK, o motivo porque o faço deve-se ao arrojo com que os BK encaram a renovação da sua equipa.
Foram buscar o Ricardo Silva (AKA Metralhas) à equipa Amador 5man Fusion, um miúdo de 21 anos que nunca tinha jogado o formato 7man e que apenas descobriu a competição à 7 meses.
Depois de alguns treinos no campo da APPA os BK não tiveram duvidas e convidaram o ex Fusion para participar consigo nesta 2ª etapa da LPP.

Segundo a opinião dos próprios: o puto deu cartas inclusive nas finais, pelo que os BK vão apostar ainda mais forte no Ricardo a quem rotulam de “próximo Formiga”.

Fica aqui expressa a oportunidade para todos os miúdos dentro das redes: acreditem no vosso jogo, porque em qualquer fim-de-semana se podem ver transportados para o topo do nosso desporto.

Parabéns Ricardo, parabéns BK e boa sorte para tudo.

16 fps

março 01, 2007

CRN 4 - By Pedrosa

Campeonato Regional Norte – 4ª Etapa:

Um dia com quase nenhuma chuva e uma temperatura agradável foi o que nos reservou o São Pedro.

E lá tivemos mais uma etapa do Regional Norte. Com as excelentes condições habituais e sem nenhuma adicional para realçar. Não quer dizer nada de mal, quer dizer apenas que estamos a chegar a pontos onde as melhorias começam a ser mais custosas.

Bolas todas ok. Joguei com Porno Pink e outras que não me lembro ao certo do nome, de caixa verde.

Desta vez contamos com a presença “internacional” do Diogão e do fantástico Ossos nos Metralhas 3 e 2 respectivamente em Open e dos BI5 em Novice. Os Trolls já fazem parte da casa.

LOGÍSTICA

Apesar da pouca chuva no dia o lamaçal manteve-se no campo Open e desta vez, infelizmente, tive a certeza que não há nada previsto em termos de primeiros socorros. O Artur dos Energy lesionou-se e os primeiros socorros foram chamar o Splash, como entendido em lesões graves em Paintball… Não sei ao certo o que é preciso fazer para ter algum apoio oficial nesta área, mas é urgente que a levem em conta quando se organizam campeonatos. Os seguros são um complemento mas são largamente insuficientes quando estamos a falar de campeonatos com os níveis de participação como os que começam a ocorrer em Portugal.

O ar sempre sem problemas e os atrasos nos horários dos jogos foram pouco significativos. Voltamos a ter finais e acabamos bem cedo. Começa a ser uma máquina afinada este Regional Norte.

Mais um campo Open com um excelente desenho. Não sei quem é o designer destes campos mas têm sido muito muito bons. Era menos inesperado que o da etapa anterior, mas o número de possibilidades era ainda vasto. Do lado do X os ângulos eram imensos e estou convencido que estratégias de ataque compensavam, desde que suficientemente pacientes e ponderadas. A cobra também era muito importante e foram grandes as lutas de ambos os lados. Poucas equipas exploraram a zona do centro do campo, embora me parecesse que oferecia bastantes possibilidades.

O campo Novice tinha inúmeros obstáculos, muitos dos quais altos e permitia todo o tipo de estratégias. Desde as mais activas às mais estáticas. É preciso é acertar neles…

ARBITRAGENS

A arbitragem de Open esteve entregue aos Metralhas 1. Acho que cumpriram na perfeição. O campo pedia mais que os 8 árbitros disponibilizados, mas foram, mesmo assim, mais que o normal. A zona do centro do terreno ficava por vezes desguarnecida mas é raro termos mais que 8 árbitros em jogos de 7 man em Portugal.
Mais uma vez os jogadores facilitaram o trabalho da equipa de arbitragem.

Em Novice a mesma equipa de arbitragem. Aparecem por vezes algumas regras impostas sem suporte nas da LPP, mas suponho que seja para ajudar na formação dos jogadores deste escalão (os canos na rede aos 10 segundos é um exemplo disto…). Não tem mal, desde que explicadas e faladas antes de iniciar os jogos.

A COMPETIÇÃO – NOVICE

Num brilhante 4º lugar ficaram as METRALHAS G.
Uma presença na final é sem dúvida um excelente resultado. Certamente fruto do trabalho que têm tido e, especialmente, do grande afinco que o Foca tem colocado na preparação desta equipa feminina. Foram quartas em 15 equipas(!) Muito bem!

Em terceiro os BI5.
Vindos de Lisboa asseguraram um lugar no pódio. Apenas ganharam um jogo nas finais, contras as Metralhas G, mas estar presente nas finais já foi bastante bom. Passaram para as finais com os mesmos pontos que os vencedores do torneio, mas os apuramentos para as finais podem ser enganadores, já que os calendários não são particularmente homogéneos.

No segundo os CLÃ YASHIDA.
Um apuramento até às finais sem perderem um único jogo fazia prever um bom resultado, o que acabou por acontecer. Apenas perderam o último embate do dia, com os vencedores do torneio.

Os vencedores foram os ENERGY 2.
Voltaram às vitórias depois de algumas etapas afastados dos lugares do pódio. É o lugar deles por obrigação, o que por vezes pesa nas prestações. Mas é questão de hábito…

A COMPETIÇÃO – OPEN

O 7º Lugar foi o lugar onde os METRALHAS 3 acabaram esta prova.
Vão alternando este lugar nas etapas com convincentes 5ºs. Prova sim prova não ficam irreconhecíveis em termos de jogo. Não se encontram pela manhã e depois não conseguem colocar em equipa o paintball que individualmente jogam. Nem o Diogão conseguiu travar o mau torneio. Um dia para esquecer que se devem lembrar para fazer melhor.

Os PAINTBOLIX acabaram em 6º.
Foi pouco pois estiveram com uma perna nas finais. Uma prova que correu bem mas que podia ter acabado melhor. Vamos a ver se se mantêm neste registo.

E os GAMBOZINOS…
Começo a repetir-me na análise que faço da equipa, mas isto revela, acima de tudo, alguma estagnação em termos de equipa e de prestações individuais. O quinto lugar acabou por não ser assim tão mau tendo em conta o que aconteceu nos jogos da manhã.

Os FREAKS alcançaram mais um excelente 4º lugar.
Asseguraram as finais numa igualdade pontual com os Paintbolix e nas finais estiveram ao seu nível. O Quarto lugar é excelente tendo em conta a sua breve historia quer como equipa quer como jogadores. E o mérito é todo deles, já que desta vez não houve convidados a dar uma mãozinha.
O terceiro lugar na geral provisória é surpreendente e um merecido prémio para a sua dedicação e forma de estar.

Os ENERGY terminaram em 3º lugar.
O seu lugar natural. Tecnicamente são o que são. Em termos de resultados mantêm a estabilidade a que nos habituaram. A classificação final não deve dar para os voos do ano passado mas são sempre uma equipa temível pelo Paintball paciente, quase irritante, que praticam.

Os METRALHAS 2 ficaram em segundo.
Tivemos um dia inteiro a ganhar jogos de forma convincente. Perdemos o último jogo do dia contra os Trolls e isso custou-nos o primeiro lugar na classificação final. Mas os quases, não servem para nada e é nas alturas certas que tudo tem que correr bem. Mas não correu. Tivemos um jogo de paciência contra os Trolls em que estes levaram a melhor. Parabéns ao Bruno que vai ser um dos grandes cá de cima e ao Nunis que continua a marcar pontos para ser um grande Jogador.

Um especial agradecimento ao Ossos que é realmente um dos melhores jogadores nacionais da actualidade, que correu o campo todo para me dar um sequeegee e acabou por ficar também ele com o marcador entupido (!) no jogo mais decisivo do dia. É verdadeiramente bom em todas as posições e alia à técnica fora de série um sentido de equipa que é raro de ver, principalmente num jogador que vem fazer uma perninha como convidado. Simplesmente fantástico.

Os TROLLS ganharam mais uma vez.
Mais uma vez apenas perderam o primeiro jogo. Esta parte podia ter sido copiada da etapa anterior. O resto já não. Não foram tão convincentes mas ganharam a prova. No último jogo das finais do dia contra os Metralhas 2 lançaram a ancora e foram-nos tirando um a um lá de trás. Seguros como só eles sabem ser venceram mais uma vez o torneio.
Parabéns. Lideram o ranking e vai ser difícil tira-los de lá…

OS PRÉMIOS:

“Mais uma taça diferente”. A mesma festa do costume.

O REALCE DA JORNADA

15 equipas a jogar no escalão de entrada é realmente muito promissor para o futuro do Paintball no Norte de Portugal. Da quantidade sai a qualidade e a continuar assim temos qualidade assegurada em termos de jogadores nos próximos tempos.

Venha dai o próximo!


16 fps