julho 29, 2010

6ª etapa do Open Portugal adiada uma semana

A fim de salvaguardar a época balnear, a 6ª etapa do Open Portugal será adiada por uma semana, sendo recalendarizada do fim-de-semana de 4 e 5 de Setembro para o fim-de-semana de 11 e 12 de Setembro.

Lamentamos qualquer incómodo.

Com o desejo de umas óptimas ferias para todos.

julho 27, 2010

Open Portugal 5ª etapa - Fotos by AC









Open Portugal - 5ª etapa M5

Dias 17 e 18 de Julho, o Parque Desportivo Megacampo, recebeu a 5ª etapa do Open Portugal.

A penúltima para as duas primeiras Divisões, CPL & SPL, e a antepenúltima para a Divisão de entrada no Paintball de competição, a Divisão M5.

M5

Devido ao reduzido número de equipas, oito, a Organização abdicou do habitual formato do Circuito - onde as quatro melhores equipas da Fase Preliminar seguiriam para as Finais - optando pelo formato todos-versus-todos, competitivamente muito mais justo mas também muito mais exigente para os participantes.

Há partida é complicado encontrar favoritos nas Divisões de 5 homens mas os Oxide, por tudo o que tem conseguido atingir ao longo da época, no Open e não só, merecem sempre um respeito muito especial.
A seu lado, XXL Nazgull, Evo Team, Sioux, Paintkillers, Dukes... demasiadas boas equipas para apenas três lugares no Podium.

Após as 7 partidas por equipa, tivemos o vencedor do costume – a única equipa a contar por vitorias as jornadas do Open – os Oxide Crew, que desta vez apenas não venceram os XXL Nazgull, assegurando praticamente o titulo da M5 na falta de duas etapas para o términos do Circuito.

Depois dos Oxide, precisamente os nortenhos XXL Nazgull, uma equipa capaz de tudo em dia sim, mas já com dois dias menos bons no Open, o que os afastou demasiado do topo do Ranking M5.

O ultimo lugar do podium sorriu, finalmente!, aos algarvios Sioux, um dos históricos do Open esta época arredados das primeiras posições mas a realizarem um circuito muito interessante, o que lhes garante a segunda posição do Ranking, na liderança do pelotão de perseguidores composto por cinco equipas.

A quarta posição na etapa ficou com os Dukes, para mim que no início da época os desconhecia são uma das maiores surpresas da M5 2010.
Seguidos por outro histórico de alta qualidade, os Paintkillers a realizarem um Circuito muito certinho e produtivo mas ja com sede de outro podium.

No final do pelotão Grupo Desportivo Fabril Lobitos e Relâmpagos Flash, ambos com duas vitorias e a darem cada vez mais trabalho a quem vier. E a grande decepção do dia, os Evo Team, equipa que já nos tinha habituado a lutar por um dos troféus mas que hoje teve um dia decepcionante.

Antes de mais, competitivamente é muito bom para a Organização chegar ao final do dia sem equipas a zero, sinonimo de competitividade!
No caso dos Lobitos já não é nenhuma surpresa porque a matilha com o passar das etapas está mais e mais perigosa para qualquer concorrente.
No caso dos Relâmpagos, de salientar uma importante vitoria sobre os Nazgull, que os traz para patamares mais próximos da sua realidade desportiva.
E depois temos a Evo Team, uma das mais fortes da Divisão que passou por um mau dia, desportiva e pessoalmente, que os levou mesmo a abandonar o evento na ultima partida em desagrado com o trabalho da equipa de arbitragem.

Há partida para as duas etapas finais temos os Oxide completamente isolados na liderança incontestável da Divisão M5 do Open Portugal. Seguidos por um poderoso pelotão de 5 equipas (Sioux, Nazgull, Evo, Paintkillers, e Dukes) o que é garantia de duas etapas finais quentíssimas para a definição dos lugares no Pódio final da Divisão.

Que vençam os melhores e que todos se divirtam.
Até Setembro malta e cuidem-se bem.

André Clemente

julho 21, 2010

Open Portugal - 5ª etapa SPL

Dias 17 e 18 de Julho, o Parque Desportivo Megacampo, recebeu a 5ª etapa do Open Portugal.

A penúltima para as duas primeiras Divisões, CPL & SPL, e a antepenúltima para a Divisão de entrada no Paintball de competição, a Divisão M5.

SPL
Aquela que na minha opinião é a Divisão mais competitiva de todo o Open Portugal, continua a ser “dominada” pelos algarvios da JUVENTUDE DESPORTIVA FONTAINHAS AZIMUT, com espaço para poucas dúvidas a melhor equipa da Divisão. Mas, nesta 5ª etapa, finalmente, não levaram para o Sul o Troféu dourado, o que à entrada para a última etapa da época SPL nos deixa com um Ranking a fervilhar de candidatos a tudo.

Sábado foram os serranos TRIBALL a equipa mais forte, levando inclusive de vencida os algarvios da AZIMUT por duas vezes; 3-2 no Tempo Extra do jogo das preliminares, e 2-1 a três segundos de se esgotar o tempo da Final que atribuiu o 1º e 2º posto na etapa. Um dia imaculado para os TRIBALL que não perderam com absolutamente ninguém!
Assim sendo, temos os de Gouveia na liderança do Ranking com nove pontos de avanço para os algarvios que por sua vez têm quatro pontos de avanço para o 3º classificado SPORT ALGÉS DAFUNDO.

Outro dos grandes vencedores de Sábado foram os RUSH VITORIA JANES, que na sua segunda presença no escalão conseguiram uma brilhante passagem às semifinais, deixando pelo caminho equipas do gabarito dos BALLISTIK 2 e PURE PRESSURE, e depois o fortíssimo S.A.D. na partida para atribuição do 3º e 4º postos.

Melhor, muito melhor que nas etapas anteriores estiveram os RELÂMPAGOS TEAM, capazes de levar de vencida os PURE PRESSURE em dia não, e os surpreendentes RUSH. O que lhes deixa ainda uma janela de oportunidade para na 6ª e ultima etapa conseguirem a manutenção nesta Divisão, numa apertada luta com o GRUPO DESPORTIVO FABRIL LOBOS.

LOBOS que nesta etapa tiveram pela frente nos jogos preliminares os dois finalistas: mighty TRIBALL & Super JUVENTUDE FONTAINHAS, mais os SARTIM a quem venceram com alguma facilidade por 3-0.
Vão ser angustiantes os jogos pela manutenção na 6ª e ultima etapa desta Divisão SPL...

Jogadores que me pareceram estar em grande forma:
AGOSTINHO PAULINO – Triball
BICA – Triball
HUGO PIRES – Rush
MICHEL – Fontainhas
PAGANNI – Lobos
PIRRI – Fontainhas

Até Setembro malta e cuidem-se bem

André Clemente

Open Portugal - 5ª etapa CPL

Dias 17 e 18 de Julho, o Parque Aventura Megacampo, recebeu a 5ª etapa do Open Portugal.
A penúltima para as duas primeiras Divisões, CPL & SPL, e a antepenúltima para a Divisão de entrada no Paintball de competição, a Divisão M5.

CPL
Após dois primeiros lugares nas duas ultimas etapas, os TROLLS partiam como favoritos para esta 5ª etapa, um favoritismo que prometia um inferno de equilíbrio para a etapa em falta, a 6ª.
Favoritismo que não se consumou, consolidando o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL no topo da Tabela Classificativa da Divisão principal do Open Portugal.
S.C.P. – 2, TROLLS – 1, com o segundo ponto do SPORTING a ser conseguido no Tempo Extra da Final. Com este resultado partimos para a 6ª etapa com clara vantagem para o SPORTING a quem basta um lugar na final principal para garantir o título de Campeões 2010. Algo que dificilmente não sucederá numa altura em que a concorrência de peso se viu reduzida na CPL, fruto das faltas de comparência dos CÃES DA VILA, finalistas na etapa anterior, e do poderoso BEIRA-MAR, praticamente Campeão Nacional de Paintball, que embora na CPL nunca tenham conseguido alcançar a Final principal, são sempre temíveis entraves para os adversários.

Na Final de consolação, para o apuramento do 3º e 4º postos, os BALLISTIK levaram de vencida os MAGMA MATER por 3-1, recuperando os pontos necessários para se encontrarem neste momento empatados na 3ª posição do Ranking à entrada da ultima jornada. Tudo em aberto para o 3º degrau do Podium, e altíssimas estão as expectativas...

De salientar a estreia nesta Divisão Principal do Open Portugal, da equipa CLUBE FUTEBOL SASSOEIROS, recem promovida da SPL, que conseguiu pontuar tanto contra o SCP como contra os BALLISTIK, naquela que só pode ser considerada uma boa e promissora estreia.

This is not a Dream Team, mas seria uma equipa bem interessante...
Duas duplas que este fim-de-semana fizeram bastante estrago; GUSTAVO MELO e TONHITO do Sporting Clube de Portugal. JOKO e RICARDO dos Trolls. Com o RUKA dos Ballistik a distribuir.
No Banco colocava ainda, o TIAGO dos Magma Mater, e o FERNANDO CRUZ do Sporting.

Até Setembro malta e cuidem-se bem.

André Clemente