agosto 11, 2007

KULT menos fortes

Ante esta torrente de sangue novo, gente nova.
Ante o afastamento de uma geração de ballers.
A velha-guarda passou a ser constituída por jogadores que (ainda mais que os da geração anterior) se entregaram ao nosso desporto como um verdadeiro desporto, uma geração que tem criado os degraus que nos colocaram no conhecimento das gentes, a primeira geração de Ballers de competição.

Desta leva de jogadores que tenho visto crescer do puto ao guerreiro, existem uns quantos que tanto pela sua habilidade, como pela sua seriedade e dedicação, se salientam.

Um deles é o Nuno Alves.

Vi-o sair do Mato e entrar nos insufláveis, sempre com as mesmas cores, as cores dos KULT, e agora, como Campeão de Lisboa, vejo-o encostar o marcador e sair das redes.
É tanta a Paixão (é sempre porra) que se recusa a por agora continuar ligado ao nosso desporto do lado de fora das redes, mas mais dia menos dia voltaremos a ter o Nuno connosco, de uma forma ou de outra é inevitável, é essa a cruz de quem como o Nuno ama a Tinta.

Bom descanso guerreiro e quando o teu sentir o permitir, espero voltar a encontrar-te salpicado.
Fica um pouco menos cheio o Paintball nacional…

Abraço grande Nuno e tudo de bom.

16 fps

4 comentários:

Anónimo disse...

Um grande guerreiro e um campeão!

Vamos sentir a tua falta amigo...


Mcorreia

Anónimo disse...

É com triteza que leio esta noticia, mas espero que seja uma mudança para melhor na vida do Nuno, espero que continues a aparecer nas provas, há pessoas que fazem falta e tu és uma delas.

Abraço
Luis Miguel

Anónimo disse...

Um abraço forte GUERREIRO e um até breve esperamos todos...deste teu amigo.

Hugo Domingues #8

Gil Belford disse...

Tenho pena...

Espero que tudo na tua vida corra pelo melhor e que daqui a nada estejas dentro de campo outra vez.

Grande abraco, Gil.