julho 08, 2009

Obrigado malta

No Open Portugal, como em todos os circuitos de paintball mundial, existem coisas más e existem coisas boas. Mas felizmente, no Open Portugal as coisas más são imensamente menos que as coisas boas. E das coisas boas do Open Portugal algumas são-me mais especiais, e é a elas que dedico este Post.

Pouca gente dá o devido valor ao Rui Pereira (Estratego) provavelmente porque in loco não se lhe adivinha toda a capacidade de criar, ajudar e resolver que me tem sido rede de segurança desde o dia 1 do Open.

Igualmente prestável e com um grau de funcionalidade inultrapassável, temos o David Rodrigues (Jogos Com Tinta), um pára-quedas do melhor que alguma vez encontrei em Portugal.

Outra pessoa que começa a ganhar muito valor também para os jogadores é o Nicu Stoian, o romeno que nos recebe no Megacampo. Trabalha por dinheiro, mas muito do trabalho visível e invisível sai-lhe apenas do gosto em fazer as coisas bem.

E depois temos os jogadores. Uma massa de bouncing clothes igualmente armados e mascarados, mas uma massa de onde alguns, por actos, palavras ou intenções, têm de ser retirados do anonimato, porque eu e o Open lhes devemos por sermos melhores.

Acima de todos coloco um grupo de gentes das serras por quem ninguém dava um squeege e hoje são uma das (se não mesmo a) melhores equipas de arbitragem nacionais. Todos sabemos quanto a parcela da arbitragem é importante para o estatuto e progresso de um Circuito. Graças ao carácter e empenho das pessoas, e a experiencia que estas têm ganho com o passar das épocas na arbitragem da Divisão CPL do Open Portugal, os Triball são um dos factores principais para o sucesso da Divisão Rainha do Open Portugal!

Depois, a principal responsável pela outra equipa de árbitros fixos do Open Portugal, a Renata (Pintabolas Bunker Kids), que assumiu as funções de Chefe do Campo SPL numa altura de contestação ao trabalho dos PBK, que com o seu exemplo, seriedade e dedicação à função, conseguiu elevar o grau de credibilidade e funcionalidade do Open.

O Keyser é o Capitão dos Magma Mater e o criador dos Campos do Open Portugal. Absolutamente ninguém no universo para alem de eu, ele, e o Nicu sabe o que esta tarefa implica, por isso apenas nós sabemos o quanto existe neste obrigado! Abraço extensivo a toda a malta dos MM e naturalmente mais apertado nos verdinhos dos ex Alma Mater que me aturaram na Liga Xball...

Outro grupo com gente que me é particularmente fora-de-serie é os People Army. O seu contributo para o Open é imenso mas mais visível no Fórum, sempre com uma palavra construtiva, sempre a empurrar para a frente e sempre correctíssimos dentro e fora das redes. Zé e companhia, tudo do melhor para vocês!

Tenho a maior estima pelas gentes do Sul, as duas equipas Intruders mais os Sioux. Primeiro porque o seu esforço para estarem presentes num Circuito que tantos quilómetros lhes custa é exemplar. Segundo porque a qualidade individual, colectiva e humana, que trazem a Lisboa é notável. E por ultimo porque os conheço quando ainda nem sequer existia Open Portugal...

O Open por si só não é nada fácil de gerir mas o Marujo (Cães da Vila) e a Andreia (Núcleo de Paintball da Usseira) ajudam-me a geri-lo melhor. São dois personagens atentos ao que pode ser melhorado, sem acanho de o apontarem, e com uma visão relativamente próxima da realidade do que pode e não pode ser feito. A acutilância da vossa critica obriga-me a ser melhor, obrigado.

E das personagens... o Animal (PBK, diz ele), o Jonas (BK na Legião Estrangeira), o Paulo (NPU), o Ricardo (Intruders/PBK), o Santtini (Checkpaint), o "capitão" (MM), meia equipa do Sporting..., o Dan (Megacampo)... um miúdo dos BK que aparece desde sempre e desde sempre bem, e eu desde sempre não sei o seu nome... e todos aqueles que deixam de jogar - obrigado por tudo e até sempre, e aqueles que começaram a jogar – vida longa e sempre limpos, e aqueles que por isto ou aquilo, naquele ou noutro momento, são para mim razão...

Obrigadão malta.


André Clemente, Director do Open Portugal

11 comentários:

Anónimo disse...

boas ja agora fiquei curioso de saber kem e esse miudo dos bk k nao sabes o nome hehehe


maga #74

Anónimo disse...

Estou na Legião estrangeira, mas é sempre bom saber que não estou esquecido, muito obrigado, muitos parabéns por mais um Open de Portugal realizado com sucesso, e como já é da praxe "Para o ano há mais" (e melhor). Durante 13 anos o paintabll foi a minha vida, embora já não pise o interior das quatro linhas, continuo a acompanhar o crescimento do desporto e aqueles que dentro deste também crescem, para isso é importante que circuitos como este não desapareçam, que pela sua tradição e maturação continuem a dar não só mais um evento de qualidade, assim como uma alternativa ao paintball nacional.

Um grande abraço.

Jonas

Anónimo disse...

Falta um Obrigado ...

Por seres tu a divulgar,a confrontar,a tentar resolver e evoluir o melhor do Paintball Nacional.

Obrigado André Clemente !

Abraço Andrev.

Renata disse...

Obrigada André :-) foi um prazer ajudar .

Acredito que o miúdo dos BK é o Rodrigo ... grande valor do paintball nacional e nem é reconhecido (nem pelo nome nem pelo mérito) .

Até à próxima época

Renata disse...

e um Obrigada a Ti também :-)

Anónimo disse...

Tem que jogar mais dentro das 4 linhas e menos na dead Box..

Ai as pessoas são reconhecidas como jogadores..

Parabéns, por aquilo que ja nos habituaste...

Abraço

Ass. Tonhito

Anónimo disse...

sim sim e tu costumas jogar onde heheheh.
pelo menos conosco costumo te ver com a mao na TOLA hehehehehhehehe

Anónimo disse...

Pelo menos quando tenho a mao na tola nao disparo para dentro de campo nao é MAGA??

Ass. Tonhito

têm é que por o miúdo a jogar mais

Anónimo disse...

Realmente os meninos têm dificuldade em concentrar-se...
Temos que reservar uma área para picardias e competições para ver quem tem o "cano" com mais polegadas... LOL

Malta... Sabem bem que o sangue é bom é ver no campo... So cut the bullshit & lets get in on...

Abracinhos e Beijinhos
Jonas

Gustavo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gustavo disse...

Obrigado nós André, a tua contribuição, agradando mais a uns e menos a outros, com mais ou menos polémicas tem sido um valor acrescentado para a nossa modalidade.
Keep up the good work
Santtini