abril 25, 2006

2ª Etapa do Open Sul


Gambelas - Faro, acolheu a 2ª etapa do Open Sul 2006.
Um dia nublado, escuro e frio, assistiu ao crescimento do Open Sul, passando das 8 equipas presentes na 1ª etapa, para as 13 presenças nesta 2ª.
O paintball algarvio está a crescer e está de parabéns.

A Organização Local da 2ª jornada do Open Sul 2006 ficou a cargo dos INTRUDERS e pode-se dizer que no geral as infra-estruturas postas á disposição dos jogadores foram aceitáveis.
- Pecaram sobremaneira pela falta de sanitários. A Mata circundante era grande mas nos torneios do século XXI as condições sanitárias deviam ser uma condição imperativa, principalmente (e desculpem-me o proteccionismo) quando se têm tantas meninas presentes, mesmo que elas tivessem autorização para utilizar a casa-de-banho da casa.
- Por outro lado foi extremamente positiva a opção de montar a Zona de Chrony na entrada para o campo. Permitiu implementar a obrigatoriedade de as equipas realmente se apresentarem á rede com antecedência, o que conferiu uma dinâmica muito mais activa a todo o torneio.
- O Ar, passada a hora de ponta que caracteriza o princípio dos torneios, portou-se á altura dos acontecimentos (e aqui aproveito para relembrar que nos procedimentos pós jogo, o reencher das botijas é um dos primeiros pontos).
- Recebi ainda queixas relativas á falta de espaços para estacionamento. Sinceramente não me apercebi porque o meu lugar é perto das redes, mas fico menos insatisfeito por termos espaço a menos do que espaço a mais. De qualquer forma a Organização vai tentar ter este ponto em maior consideração nas próximas jornadas.

O Terreno de Jogo foi um relvado alto e inclinado, onde foram montados 26 insufláveis Tomahawk, e onde assistimos a poucos slides, mas muitos supermen.

O Desenho do Campo foi da autoria dos INTRUDERS e basicamente caracteriza-se pelo saudoso classicismo a-la Millennium Series.
Pela direita, uma complicada e longuíssima cobra inter-cortada, bem defendida pela correspondente base, Cobra que quando tomada e subida aos 50 permitia desequilibrar qualquer partida.
Pela esquerda, apenas se conseguia subir forçando com apoio, rapidez e coragem, onde normalmente as defesas venceram os ataques.
E pelo centro do terreno, criavam-se entradas para a Cobra ou trancava-se a asa esquerda.
Este desenho permitiu tácticas menos ofensivas, tendo-se optado por Pré Bunkings fortes e eficazes, centenas de duelos Snap para gozo dos tecnicistas, e uma bela lição de “fogo” apoiado onde invariavelmente as melhores equipas venceram os melhores jogadores.

Infelizmente iniciou-se o Torneio com 40 minutos de atraso, ás 9:40 da manha, mas a partir desse minuto foi sempre a recuperar tempo fora de campo, e sempre a bombar dentro dele ao longo de 42 partidas.

A Arbitragem da prova foi missão da equipa INTRUDERS chefiada pelo Rogério.
Foi uma arbitragem fraca, com inúmeros erros de desconhecimento e aplicação das regras, falta de calma por parte dos seus elementos e uma má colocação em campo que naturalmente foi melhorando ao longo do torneio.
Tenho que salientar que observei alguns árbitros muitíssimo bons: empenhados, corajosos e rápidos a agir e decidir, mas alguns homens não salvam uma equipa de arbitragem.

O número de equipas presentes permitiu que no Sistema de Jogos não existissem partidas entre divisões.

As 9 equipas da Divisão Novice realizaram 5 jogos cada, coincidindo o grau de dificuldade do seu calendário com o seu ranking no Open Sul.
As 4 equipas que mais pontos obtiveram nesta Fase Preliminar, foram apuradas para a final, onde se defrontaram todas-contra-todas para o apuramento da classificação final da jornada.

As 4 equipas da Divisão Open jogaram entre si todas-contra-todas a duas voltas, passando á final as duas mais bem classificadas.
A final desta Divisão foi disputada á melhor de três partidas.

FASE PRELIMINAR

DIVISÃO NOVICE

KAMIKAZES 2 0(-17)
Foi a estreia das duas equipas Kamikazes na Competição. Começaram bem o torneio, perdendo por um apenas 1 homem com os Kamikazes 1, mas ao longo do dia não conseguiram anotar nenhum ponto. Ficou no entanto a paixão, também, pelo Paintball de competição.

KAMIKAZES 3(-15)
A outra equipa dos Kamikazes, também esta predominantemente formada por jogadores de Paintball Recreativo, começou bem o dia com uma vitoria sobre a equipa 2, mas não conseguiram voltar a pontuar embora em ambos os casos fosse notória a evolução na qualidade de jogo ao longo do dia.

AIM BETA 6(-7)
Mais uma equipa estreante a iniciar o torneio em grande com duas vitórias, sendo de salientar a vitória sobre os AIM 1, mas a falta de entrosamento e ritmo de jogo não lhes permitiu ir um pouco mais longe. Uma grande estreia no Open Sul para os AIM Beta, que apenas se viram afastados das finais no último jogo desta fase perante uns HST que almejam outras andanças na tabela classificativa. Parabéns.

XPTO 6(-4)
Estes miúdos estiveram connosco na primeira jornada envolvidos no Open do Algarve, tendo gostado tanto do desporto que não resistiram ao apelo da tinta e se apresentaram sem medos na divisão Novice. São um diamante em bruto, uma força da natureza que apenas necessita de ser lapidada e orientada. Uma surpresa muito agradável.

AIM 6(3)
Fizeram um bom torneio. Empate com os finalistas HST e bandeira em transito com as também finalistas Evil Dolls, são demonstrativos das suas capacidades. Mas em competição não basta pontuar contra os mais fortes, é também obrigatório não desperdiçar pontos contra equipas teoricamente mais fracas.

FINALISTAS
HST 8(3), EVIL DOLLS 12(11), IINTRUDERS EVOLUTION 12(13), e CDO 13(16)

DIVISÃO OPEN

PIRATAS 4(-6)
Um empate com os Evolution e uma vitória sobre os Checkpaint na 1ª volta, foi muito pouco para os vencedores da 1ª jornada do Open Sul. Foram os campeões do fair play entre as equipas da Divisão Open, mas esse “prémio” não contabiliza pontos. São muito melhores do que esta 4ª posição mas numa Divisão tão competitiva não são permitidos deslizes.

CHECKPAINT EFFECT 7(0)
A equipa lisboeta não fez um bom torneio, mas mesmo assim apenas deixaram escapar as finais na sua ultima partida em que foram derrotados por 1 homem pelos Intruders Revolution. Tiveram um Pré pouco eficaz e achei que elementos preponderantes noutras provas desta vez não conseguiram alcançar o mesmo brilhantismo o que pesa sobremaneira em equipas de 5man.

FINALISTAS
INTRUDERS REVOLUTION 8(0) e ENEMIES 15(6)

JOGOS EM DESTAQUE
Da fase preliminar destacam-se vários jogos, quer pela inconstância do resultado final, quer pela qualidade do jogo em si.
- Começando pela estreia na competição dos AIM BETA com uma vitoria 3(+3) sobre os AIM.
- A vitoria convincente das EVIL DOLLS 3(+4) sobre os também finalistas HST.
- A vitoria com todos os homens vivos 3(+5), dos CHECKPAINT EFFECT sobre os ENEMIES. Foram os únicos pontos perdidos pelos ENEMIES na Fase Preliminar.
- O empate 1(0) dos HST com os CDO que foram os únicos pontos desperdiçados pelos CDO na 1ª fase do torneio.
- E a vitoria 2(+5) dos AIM sobre as EVIL DOLLS.

O Torneio parou ás 13:15 já com 3 partidas de avanço em relação ao calendário e foi reatado ás 14 em ponto.
Já muito antes da hora de almoço, o cheiro das bifanas me atormentava o estômago, e quando tive oportunidade de as provar não podia ter ficado mais satisfeito. Parabéns ao cozinheiro de serviço.

FINAIS NOVICE

EVIL DOLLS 1(-6)
As raparigas de Faro realizaram uma Fase Preliminar seguríssima, perdendo apenas uma partida, assegurando desde muito cedo a passagem á fase seguinte da prova, e deixando uma impressão extremamente positiva a quem esteve do lado de fora das redes.
Nas finais apenas conseguiram empatar com os CDO (vencedores da jornada) ficando para mim aquém das expectativas geradas na 1ª fase do evento.

INTRUDERS EVOLUTION 3(-6)
Depois de uma Fase Preliminar igualmente muito consistente onde desde cedo asseguraram a passagem, estiveram menos bem nas finais apenas com um triunfo sobre as Evil Dolls. Não conseguiram repetir a proeza da sua estreia competitiva na jornada anterior mas mantém-se na frente da Divisão e em conjunto com os CDO e HST são neste momento os Tubarões da Divisão Novice.

HST 6(6)
Apenas asseguraram a passagem ás finas no último jogo da Fase Preliminar, com uma vitória expressiva sobre os AIM Beta. Mas nas Finais o seu jogo ganhou fluidez e agressividade, o que lhes permitiu ceder somente contra os vencedores CDO, levando para casa com justiça o troféu respectivo á 2ª melhor equipa do torneio.

CDO 7(6)
Absolutamente intratáveis. Na primeira fase cederam um empate com os HST e na segunda outro com as Evil Dolls. De resto estiveram imperiais varrendo do terreno de jogo toda a concorrência com scores que falam por si próprios. Que grande torneio para os rapazes de Odiáxere, depois desta demonstração de determinação e eficácia são os meus principais candidatos ao titulo. Parabéns e continuem.

FINAIS OPEN

ENEMIES
Fizeram uma primeira parte do torneio quase irrepreensível cedendo apenas uma partida e praticando o Paintball mais agressivo que tive oportunidade de testemunhar em todo o torneio. São uma equipa muitíssimo agradável de ver jogar, sempre a forçar para subir, e sempre a subir com ambição e eficácia. Rápidos, seguros, bem coordenados, e tecnicamente evoluídos, o Paintball dos ENEMIES é o Paintball espectáculo! Fiquei surpreendido com o nível e extasiado com as performances, que maravilha de equipa.
Nas Finais perderam o entrosamento como equipa, e os movimentos agressivos tornaram-se mais lentos (preparação física), o que os conduziu a duas derrotas, mas mantém-se na frente da Classificação Geral do Open Sul.

INTRUDERS REVOLUTION
Demasiados empates na Fase Preliminar quase comprometeram a passagem ás finais, mas chegados ás Finais demonstraram ser a equipa mais segura e melhor entrosada, levando para casa com justiça o troféu desta 2ª jornada. A melhor equipa venceu os melhores jogadores, e venceu porque soube jogar como uma equipa. Parabéns.


NEGATIVO
- Novamente os jogadores a falarem de fora das redes para dentro, de campo.
- Nem todas as equipas estavam devidamente protegidas na Zona de Jogadores.
- O atraso inicial.
- A falta de sanitários.
- Jogadores sem tapa-canos do lado de fora da rede são um enorme PERIGO para todos os presentes e para a modalidade desportiva.

POSITIVO
- A atribuição de troféus diferentes (personalizados) a cada jornada do Open Sul.
- A Zona de Chrony á entrada para o campo acelerou e simplificou imenso todos os procedimentos entre e jogos.
- O Alexandre é um árbitro bem acima da média, pena que as suas funções não lhe tenham permitido estar mais tempo dentro das redes.
- E o ambiente de camaradagem entre quase todas as equipas.

DREAM TEAM NOVICES
Marco – CDO
Vítor – CDO
Pedro – HST
Valério – Intruders Evolution
Patrícia – Evil Dolls
Cristiano – AIM
Caracol – XPTO

DREAM TEAM OPEN
Ricardo Leal – Intruders Evolution
Fábio – Intruders Revolution
Pedro – Enemies
Michael – Enemies
Carla – Enemies
Ruben – Enemies
Zhor – Enemies
Samuel – Piratas

Às 16 e 10 com 50 minutos de avanço sobre o Calendário de Jogos deram-se por terminados os jogos, procedeu-se a mais uma animada entrega de prémios nomeadamente Troféus para os 3 primeiros classificados em cada uma das divisões, e deu-se por encerrada a 2ª jornada do Open Sul 2006.

Abraços

16 fps

3 comentários:

Planeta Redondo disse...

Existem erros na relação jogador/equipa no Dream Team, que estou a tentar corrigir.

Peço desculpas pelo erro.

Anónimo disse...

Dream Team.... fosgazzzzz.....

amcr69 disse...

boas boa critica, kuanto ao erro da dream team é básicamente o Fábio da novice é dos intruders revolution e o Ricardo Leal é dos Intruders Evolution

fika bem... ;)