janeiro 16, 2009

As minhas costas têm limite.

(e desse limite só passa quem eu deixo)

Recentemente tive a sorte de ser confrontado com três inverdades a meu respeito. Sorte, porque, só as sabendo as podemos esclarecer.
Desconheço a origem destas inverdades mas conheço o acusador: a Federação Portuguesa de Paintball.

INVERDADE Nº 1 by Nuno Serdoura FPP
Quando a Renata dos Bunker Kids me alertou para o facto de estarem a haver problemas na Box, entre os BK e os Checkpaint, eu, André Clemente, não fiz nada.
Se bem me lembro, voei escada abaixo para dentro da box, mas posso estar enganado, posso ter ido apenas de 5 em 5 degraus... agora ficar quieto, fazer nada, é inverdade!

INVERDADE Nº 2 by António Santos FPP
Quando o Sérgio Canilho (Concelho Técnico da FPP no Domingo) me pediu para assinar uma queixa que eu próprio tinha efectuado contra um jogador, eu André Clemente, me recusei a assinar a folha.
Algures no dia perguntei ao Sérgio Canilho se achava que eu devia fazer a queixa ou esquecer o assunto, ao que ele me respondeu que achava que eu devia esquecer. Reuni com o jogador na presença do Sérgio Canilho e comuniquei-lhe que não ia dar prosseguimento à queixa. Onde é que está a minha recusa em assinar seja o que for?

INVERDADE Nº 3 by Domingos Leitão FPP
Falou por telefone com um jogador dos Cães da Vila que lhe disse que eu o tinha ameaçado de expulsar da prova sem apresentar qualquer justificação para o fazer.
Que eu me lembre, que possa ter a haver com o assunto, apenas me recordo de ter dito que no Campeonato Nacional se ameaçam as equipas que não querem jogar as finais devido à falta de luz!, não ameacei expulsar ninguém e é completamente absurdo acreditar que o faria sem apresentar qualquer razão.

Incrível que a Federação acredite que um Director de uma prova, neste caso eu André Clemente, tenha protagonizado estes actos e mesmo assim não o/me tenha repreendido, e mais incrível ainda que eu, André Clemente, nunca tenha sido sequer abordado para qualquer esclarecimento.

Estas inverdades são as que escaparam, muitas outras devem existir por ai.

A um jogador aplicaram uns quantos meses de suspensão por mentir, portanto presumo que o Nuno Serdoura, o António Santos, e o Domingos Leitão ou o pretenso jogador dos Cães da Vila por ele mencionado, serão igualmente suspensos durante uns meses por mentirem acerca do Director do Open Portugal.

André Clemente

3 comentários:

Anónimo disse...

Boas André, só chamo a atenção para uma coisa, não nos podemos esquecer que as afirmações feitas pelas pessoas que indicas são com base numa pressuposta investigação feita após contactos com os respectivos intervenientes. Nenhum deles estava presente no torneio a quando de qualquer uma das situações, não querendo com isto estar a justificá-los ou a defendê-los.

Jogo no teu torneio (e não só neste ano) e nunca senti que houvesse desinteresse ou dualidade de critérios, decisões descabidas ou a velha regra do "eu quero posso e mando" que tão comum é ao teu "patrão".

Acredito que terás oportunidade de defesa em relação a essas acusações, e mais fácil será se forem inverdades (não mentiras, mas inverdades) como referes.

A Federação neste caso funciona como um pseudo escritório de investigação, que não estando presente, ou com a passividade do elemento que esteve presente (comparando com o Dom quando é CT, o Sérgio estava a fazer turismo, nem me lembro de alguma vez o ter visto tirar as mãos dos bolsos), tem de se reunir com os intervenientes ou testemunhas e ouvir da boca deles oque se passou, e o que estes vendem é o que a FPP compra.

Continua o bom trabalho.

Ass.: T

Reporter Estrábico disse...

Antes ficar com as mãos nos bolsos do que andar a provocar jogadores na box ;)
André nao te preocupes com o que esses meninos dizem, nem eles 3 juntos valem mais do que tu sozinho.
Abraço

Berna Wildcat disse...

André deixa pra lá hoje em dia ninguem pode fazer um comentario que seja, que se arrisca a ser suspenso. Só tenho a dizer que com o que tenho visto este ano a federação fazer, sinto saudades do meu 1º open onde nunca houve tantas chatices como há agora com a federação a tomar conta dos campeonatos. Para que serve ter um CT da federação se é pra estar sentado ou na conversa sem ver o que se está a passar no campo e nas boxes. Sei do que falo porque na ultima etapa do Open tive a hipotese de reparar nisso.

Abraço da tinta, amigo, até fevereiro

Nuno aka Berna "ditador dos Wildcatz"