maio 16, 2006

Cronica OLX 5


Está completa a 5ª, e última, jornada do Open de Lisboa. A jornada de todas as decisões.

O Parque de Jogos da Estratego em Sobral da Abelheira – Mafra, recebeu no Domingo dia 14 de Maio, a ultima jornada do OLX. A jornada que definiria toda uma época de Paintball Regional em Lisboa e arredores. As ilusões, as confirmações, a gloria e a azia, todas as emoções tiveram que passar pelo pragmático crivo da tinta, num radiante dia de primavera passado no Megacampo.

Mais uma vez a empresa Estratego respondeu com Obra aos pedidos dos jogadores, investindo com rapidez no melhoramento das condições oferecidas para a prática do nosso desporto.
Nunca é demais agradecer a todos os jogadores que nos abordam com sugestões e criticas positivas no sentido de aperfeiçoarmos o Open de Lisboa, ajudando-nos a tornar o OLX num Campeonato de referência para o Paintball Ibérico.

- A zona de jogadores, onde já se tinha triplicado o tamanho das mesas, foi ampliada com a criação de uma segunda zona de jogadores coberta, onde foram instaladas as equipas de 7 homens. O Megacampo consegue agora receber mais de 30 equipas com a máxima comodidade em dois espaços cobertos, devidamente delimitadas e previamente identificados com o nome de cada uma das equipas.

- No Campo Tomahawk voltou-se a cuidar do conforto dos jogadores, ampliando a cobertura das tendas laterais, e colocando mais cadeiras á disposição de quem espera pelo seu jogo.

- O Campo Tomahawk foi também movido do espaço competitivo 3 para o espaço competitivo 2, com a finalidade de proporcionar o melhor piso possível aos praticantes, e uma melhor comodidade a quem assiste aos jogos.

- Voltámos a ter Rádios de intercomunicação á disposição, embora não tenha havido necessidade de os utilizar.

- Um ou mais, caixotes de lixo por equipa, constantemente esvaziados pelo pessoal de apoio e manutenção do Megacampo.

- A presença do Técnico de Marcadores Rui Cardoso, ou se preferirem: o Mago da mecânica. Que com uma velocidade e eficiência impares, foi solucionando todo e qualquer problema logístico com os marcadores.

- Os pratos quentes e variados do Café Megacampo são um sonho para os almoços paintebolisticos. Nem sei como é que o pessoal consegue voltar a jogar com o estômago tão bem confortado.

- Os balneários são do melhor disponível em qualquer recinto de Paintball. Casas de banho para homens, casas de banho para mulheres, e os famoserrimos duches quentes do Megacampo. 5 estrelas!

- Existe uma comodidade colocada ao serviço dos jogadores que nem sempre é devidamente reconhecida. Essa comodidade é o super Staff que a empresa Estratego coloca no Megacampo para servir os jogadores. O Rui Pereira, o JAC, eu, o Diogo, o Wolfman, o Viktor e o seu irmão, as meninas do Café…
Mas desta vez destaco a Raquel, a rapariga que actualizou o quadro geral das pontuações e chamou as equipas para o Campo dois. A Raquel é a profissional mais competente que alguma vez me secundou em qualquer torneio de paintball nos meus quase 15 anos de envolvência neste desporto. Para ela o meu (e certamente também o vosso) enorme obrigado pela eficácia, seriedade, competência, e simpatia, com que ajudou a decorrer este torneio.

- É impressionante mas mesmo na última etapa do OLX continuamos a lançar novas equipas na competição. Sangue novo para o desporto, mais e melhor oxigénio para o nosso futuro. Desta vez cativámos os estreantes GRIFFONS, uma equipa (infelizmente) de apenas quatro elementos, todos menores, com muita fibra e muita vontade, mas ainda verdes. E vindos dos Bosques e Fabricas, recebemos a SECÇÃO LUSA.

- O número de competidoras não pára de aumentar. Temos cada vez mais meninas a praticar o nosso desporto, e cada vez com maior qualidade. Anseio por uma equipa estritamente feminina já para a próxima época, e nesse aspecto o BANDO DE IRMÃOS lidera todas as tabelas.

- E voltámos a receber as equipas de fora de Lisboa, que não olham aos quilómetros percorridos, para competirem com e entre os melhores.
Assim foi durante toda a época com os XPLOSIV e os ELEMENTS, vindos de Leiria.
Os PAINTLANDERS e PAINTLAND EVOLUTION vindos das Caldas da Rainha.
E os ZONA OESTE, vindos do Bombarral.
A vocês que fazem tantos quilómetros por carinho e dedicação ao nosso desporto: Muito obrigado pela vossa presença e pela vossa preferência, graças a vocês o paintball evolui por todo o Portugal.

SISTEMA DE JOGOS
Tivemos 21 equipas inscritas: 13 na Divisão Novice 5man e 8 na Divisão Open 7man, mas infelizmente 3 delas (Fénix, Hurricane e X-team) não se apresentaram no torneio.
Em ambas as Divisões foi utilizado o habitual sistema de 6 jogos por equipa, passando ás finais as 4 equipas melhor pontuadas na Fase Preliminar.
As finais foram disputadas no sistema todos-contra-todos a uma mão, sem acumulação dos pontos da Fase Preliminar.

CAMPOS
Ambos os Campos foram desenhados pelo Organizador do Open de Lisboa, João André Carriço (JAC)

CAMPO ESTRATEGO
Desta vez o JAC optou por um desenho mais convencional. Retirou as possibilidades de campismo á distribuição e fortaleceu as probabilidades de defesa das linhas. Só que as combinações possíveis para os ataques foram superiores ás melhores hipóteses de defesa, o que levou (como eu tanto gosto) a que as equipas ofensivamente melhor dotadas invariavelmente fossem as vencedoras. Dumps, dumps e mais dumps nas cobras, para regozijo do publico e muito trabalho da equipa de arbitragem.
Infelizmente as cobras foram montadas demasiado próximo das linhas delimitadoras, o que retirou espetacularidade a algumas movimentações devido ao risco de eliminação por saída do terreno de jogo.

A arbitragem do Campo 1 ficou a cargo da equipa FIREBOLTS e embora tivessem em falta de um elemento fizeram um trabalho positivo.
Pecaram por excesso de zelo na procura de marcadores ilegais, o que atrasou um pouco o seu campo, mas por excesso de zelo não se pode penalizar ninguém. Por outro lado, a forma exemplar como mantiveram os seus obstáculos limpos, é de aplaudir de pé.
Parabéns pessoal e muito obrigado pelo vosso trabalho que eu considero positivo.

CAMPO TOMAHAWK
Este Campo teve um efeito espectacular sobre o jogo das equipas. Era defensavel mas existia também um leque de possibilidades de ataque infindável, que empurrou o jogo para cima da linha dos 50 proporcionando alguns dos melhores jogos e jogadas que tive oportunidade de presenciar ao longo de toda a época.
Fui abordado para a existência de algumas assimetrias entre obstáculos, que não terão sido determinantes para o decorrer de toda a jornada, de qualquer forma fica aqui o nosso pedido de desculpas por essas pequenas assimetrias.

A arbitragem do campo 2 ficou a cargo da equipa XPLOSIV que realizou (na minha opinião, claro) uma das melhores arbitragens da época.
Notou-se a falta de rigidez e rapidez na aplicação das regras e regulamentos, mas a sua cobertura do campo foi impecável o que facilitou sobremaneira todo o seu trabalho. Parabéns pessoal, estiveram muito bem!

O TORNEIO

Reunião de Capitães ás 08:30 da manha, como previsto, onde para alem das informações habituais foi relembrado ás equipas que é da sua responsabilidade conferirem os resultados no quadro geral de classificações.
E inicio dos jogos ás 9 da matina, como previsto.

PRELIMINARES

Preliminares NOVICE 5 man
Quem os viu e quem os vê… Há poucos meses entravam para campo tímidos, curiosos e ansiosos. Hoje são guerreiros confiantes que sabem perfeitamente o que pretendem de cada jogo e procuram tenazmente a melhor forma de o conseguirem.
É extremamente reconfortante acompanhar o crescimento das equipas 5man, constatar como miúdos e graúdos se tornam Guerreiros!

Com os Tubarões XPLOSIV e FIREBOLTS a arbitrar, o leque de Atuns com aspirações legítimas de passagem ás finais era enorme. Tivemos surpresas, tivemos confirmações, tivemos desilusões, e tivemos uma espectacular jornada final de 5man.

13º SECÇÃO LUSA 0 (-30)
6 derrotas e nenhum adversário eliminado é o pior pesadelo de qualquer jogador de competição, mas esta não é ainda uma equipa de competição, e nesta sua estreia deixaram uma imagem de vontade e alguma habilidade latente que naturalmente trará frutos com a “rodagem”.

12º GRIFFONS 0 (-29)
Quem olhasse para os sorrisos destes miúdos, principalmente depois da Fase Preliminar, sabia que os resultados desportivos foram o menos importante e que só a participação já valeu por tudo. Espero que tenham gostado deste primeiro contacto com o Paintball de Competição e que voltemos a contar com a presença destes jovens (futuros) guerreiros o mais breve possível. (Mais uma vez mil desculpas pela espera desnecessária no campo, antes da hora de almoço)

11º PAINTLANDERS 3 (-13)
Foram a única equipa capaz de derrotar os Checkpaint Effect ao longo de todo o torneio, este facto é mais do que demonstrativo das capacidades desta equipa que deverá ser temível assim que encontrar o seu ritmo competitivo e consistência principalmente no apoio aos ataques.

10º PARTY KIDZ 4 (-5)
Basta ler o total E/D destes miúdos para se perceber o potencial da equipa. Corajosos, ambiciosos, e destemidos. Não conseguiram estar classificatoriamente tão bem como na jornada anterior mas ganharam de certeza absoluta o respeito da comunidade paintebolistica. Perderam por dois homens com os finalistas Party Boyz e Checkpaint…

9º WS FUSION 6 (-9)
Vitorias sobre os Pintabolas NG e sobre os Tinta Pura. Brilhante para uma equipa sem grandes pretensões mas com uma distribuição e alas de grande valor. Espero que consigam manter o “núcleo duro” da equipa, porque vocês fizeram coisas muito interessantes nas duas jornadas em que participaram.


8º PAINTLAND EVOLUTION 7 (-9)
Um empate com os Pintabolas New Generation, e uma vitoria por um homem com os “irmãos” dos Paintlanders. Estiveram bem melhor neste torneio, mais consistentes, mais eficazes, mais equipa. Certamente uma formação para lutar bravamente na próxima época.

7º PEOPLES ARMY 8 (0)
Duas vitórias e dois empates não foram o suficiente para que o “Exercito do Povo” passa-se ás finais. O nível competitivo do OLX está demasiado elevado! Depois das enormes oscilações na classificação final ao longo dos primeiros torneios da época, fiquei na dúvida sobre a qualidade real do seu jogo. Hoje já não tenho duvidas: Vocês têm jogo, têm vontade, e têm equipa. Falta-lhes trabalho específico e mais “banco” para se afirmarem. Eu enquadro-os no grupo dos Atuns, mas espero que na próxima época se intrometam muito mais vezes também entre os Tubarões.

6º BANDO DE IRMÃOS 12 (+7)
Os embaixadores do Paintball Recreativo ofereceram a oportunidade de experimentar a competição a mais um punhado de sangue novo vindo dos Jogos de Cenário. E não se portaram mesmo nada mal. Apenas foram derrotados pelos Tinta Pura e Pintabolas NG, mas num torneio tão competitivo em que 4 vitorias não asseguram a passagem, a menor experiência de qualquer elemento faz-se notar sobremaneira.

5º PINTABOLAS NEW GENERATION 13 (+14)
Mais uma vez á porta das finais, e mais uma vez delas afastados no último jogo. Apenas foram derrotados pelos WS Fusion, mas o empate no último jogo com os Paintland Evolution retirou-os por 4 pontos E/D das finais. Este facto reincidente de apenas perderem pontos nos jogos contra equipas matematicamente menos fortes, tem que ser ponderado…

JOGOS EM DESTAQUE 5 man:
Paintlanders 3 (+2) vs. Checkpaint
WS Fusion 3 (+2) vs. Tinta Pura

FINALISTAS NOVICE 5 man:
ZONA OESTE, CHECKPAINT, PARTY BOYZ, e TINTA PURA.

Preliminares OPEN 7 man
Com quatro equipas separadas na Classificação Geral por meras migalhas, tudo esteve em aberto até ao final desta 5ª etapa. Depois de uma época competitivamente regular, hoje era o dia de dar tudo para se conquistar ou chorar a Gloria.
Em virtude de 3 equipas em falta de comparência, apenas uma das equipas da Divisão não passaria ás finais o que condicionou bastante o ritmo de jogo dos principais pretendentes, resguardando-se (ás vezes em demasia) para os grandes jogos das finais.

6ºs FÉNIX, HURRICANE, e X-TEAM.
Nenhuma destas equipas se apresentou na prova, tendo por isso sido desqualificadas ao 3º jogo perdido por falta de comparência.

5º LOBITOS
6 (-2)
Um torneio competitivamente modesto mas desportivamente produtivo. Realça-se a derrota por um homem com os Pintabolas, num jogo em que quem vencesse iria ás finais, e onde o cinzentismo que demasiadas vezes ensombra o nosso desporto infelizmente se manifestou. Parece-me que a Alcateia desta vez compareceu em força ao evento, e isso pôde-se ler nos resultados jogo a jogo da sua 2ª equipa. Estiveram bem, mas espero sempre um pouco mais.

JOGOS EM DESTAQUE 7 man:
1 (0) Trolls vs. Lobos
Lobos 3 (+2) vs. Pintabolas

FINALISTAS OPEN 7 man:
ESTRATEGO DAMAGE 7, LOBOS, TROLLS, e PINTABOLAS

Às 13 horas interromperam-se os jogos, para almoço de árbitros, jogadores e acompanhantes, e retomaram-se as partidas uma hora depois, ás 14.
Mais um almoço no Megacampo, uma delicia, um luxo. Desta vez optei por Esparguete á-la Bolonhesa, hum… hum… Se meterem Cerveja sem álcool no frigorífico, um dia destes começam a contar comigo exclusivamente para almoçar.
37 minutos depois deu-se por terminada a Fase Preliminar e iniciaram-se os jogos das Finais.

FINAIS NOVICE 5 man
Os favoritos Checkpaint, escudados por 3 equipas que encaram o nosso desporto com uma seriedade assinalável, lutaram pelos troféus comemorativos da última jornada do OLX 2005/2006.

4º TINTA PURA 0 (-11) *13(+16) na FP*
Com uma Fase preliminar muitíssimo boa, onde apenas cederam um empate frente aos Peolples Army e foram derrotados pelos WS Fusion, a equipa revelação da Divisão Novice repetiu a sua segunda final consecutiva, demonstrando in field todos aqueles clichés bonitos que são utilizados para adjectivar “como deveria ser o Paintball”. Nas finais perderam principalmente eficácia defensiva, expondo-se desnecessariamente a riscos que depois não tiveram capacidade técnica para reparar. Julgo ser um final de época acima das suas próprias expectativas, e estou convicto que na próxima época se juntarão ao núcleo restrito dos Tubarões das Divisões de 5 homens.

3º ZONA OESTE 3 (0) *18(+24) na FP*
A única equipa imbatível ao longo de toda a Fase Preliminar, sucumbiu inexplicavelmente nas finais. Começaram por esmagar os Tinta Pura com um impressionante 3 (+5), mas não conseguiram recuperar da derrota á tangente (por um homem) com os Party Boyz, vendo-se relegados para um 3º lugar com sabor a pouco. Ontem eram um dos mais fortes dos Atuns, hoje são mais um dos Tubarões. Ganharam o meu respeito dentro das redes com exibições firmes, bem estruturadas e agressivamente bonitas.

2º PARTY BOYZ 6 (-2) *15(+15) na FP*
Tiveram um começo de época menos brilhante, mas a partir da 3ª jornada juntaram-se ao grupo dos Tubarões e de lá não voltaram a sair. São uma das boas revelações deste OLX (para mim que os desconhecia por completo) e mais uma grande equipa de 5 homens a ter em conta na corrida para o título da próxima época. Agressivos, inteligentes, bem comandados, tecnicamente acima da média, e com um “poder-de-fogo” respeitável, é tudo menos uma party jogar contra estes boyz.

1º CHECKPAINT 9 (+13) *15(+19) na FP*
A melhor equipa do OLX voltou a não dar hipóteses á concorrência, conquistando a sua 3ª vitória em 4 possíveis, e levando para casa o Titulo na Divisão de 5 homens. Mais uma vez estiveram a um nível excelente, tendo perdido apenas um jogo em todo o torneio. Têm nas suas linhas alguns dos jogadores mais evoluídos de todo o OLX, e sabem executar diversos estilos de jogo com uma habilidade inata que os coloca sem qualquer dúvida num patamar acima daquele em que se encontram. São o justo vencedor do OLX em 5man, e mais que provavelmente, no futuro, continuarão a sê-lo também em muitos outros torneios.

Muitíssimos parabéns a todos os participantes mas naturalmente um abraço especial para os Checkpaint Effect pela sua primeira grande conquista.

FINAIS OPEN 7man
Os 4 Tubarões da Divisão, todos os que podiam aspirar á Gloria do OLX, encontraram-se nas finais. Como favoritos partiam os Pintabolas, quem venceria (?) só a tinta poderia responder.

4º PINTABOLAS 1 (-8) *12(+16) na FP*
Um empate com superioridade de 2 homens contra os Trolls, foi o melhor que conseguiram fazer nas finais. Uma exibição paupérrima, para aquela que eu considero ser a 2ª melhor equipa nacional, a atravessar uma péssima fase de forma numa péssima altura para não se estar no seu melhor: a altura das decisões em todas as frentes. Faltou-lhes agressividade, ambição e a simplicidade dos movimentos apoiados que tão bem têm efectuado ao longo da época. Faltou-lhes a chama quando abusaram da matemática, mas faltou-lhes acima de tudo ter os miúdos maravilha a resolver nos 50.

3º LOBOS 4 (0) *16(+27) na FP*
Após derrotarem os Pintabolas, um lugar na geral e na Classificação Final estavam em jogo na partida contra os Estratego Damage 7. Terminaram empatados, contra uma equipa que iniciou o jogo com um assinalável handicap (menos 2 homens), mas isso não lhes retirou a alegria e o orgulho de serem uma equipa Amador 7 bem no meio dos Pro 7, e a dar cartas. Espero sinceramente que finalmente dêem o salto para outras Divisões a nível de Nacional, porque o que este grupo de amigos joga é muito, e com as constantes injecções de novo sangue de qualidade inquestionável, o que este grupo de amigos vai jogar na próxima época será de mais!

2º ESTRATEGO DAMAGE 7 , 4 (+4) *18(+39) na FP*
Foram intocáveis na fase preliminar varrendo toda a concorrência com números expressivos e não cedendo pontos a absolutamente ninguém. Nas finais, esqueceram-se que eu ando á rede e, pior ainda, esqueceram-se da educação, tendo que jogar a ultima partida com menos dois elementos. O “Dream Team” praticou o melhor Paintball que tive a oportunidade de testemunhar durante todo o dia, por isso este 2º lugar deve ter um sabor bem amargo. Estão a regressar ao nível de jogo que lhes permitiu ombrear com os melhores, no entanto, ainda sinto a falta dos ataques duplos. Agora, na fase de desenvolvimento das partidas, apenas se permitem a um ataque individual, geralmente pelas alas, o que lhes retira a temível imprevisibilidade que os caracterizava e lhes retira aquele Danoninho que lhes permitia chegar á Gloria. Algo que souberam manter foram os seus finais de partida absolutamente demolidores, o que pode deixar antever uma certa dificuldade em jogar contra muitos adversários.

1º TROLLS 7 (+4) *13 (+18) na FP*
A qualidade do seu jogo e dos seus jogadores manteve-se, mas a eficácia dos mesmos redobrou. São a equipa que melhor desenvolve a terceira e quarta fases do jogo, quando este está estabilizado e é necessário procurar e conquistar espaços para romper. As suas alas são extraordinárias e os seis insert players são provavelmente os melhores a actuar em Portugal. Tudo isto suportado por uma implacável e eficaz bateria de tinta. Uma grande equipa a precisar de uma pitada de algo para voltar a conquistar a Gloria também a nível de Nacional.

Muitíssimos parabéns a todos os participantes mas naturalmente um abraço especial para os Trolls pela revalidação do titulo de Campeões do Open de Lisboa.

Ás 17:20 procedeu-se á entrega dos Troféus e deu-se como encerrada a 4ª e penúltima jornada do OLX. Relembro que a cerimonia de entrega dos prémios de final de época, será efectuada a quando da estreia do Recicle Ball da empresa Estratego.

NEGATIVO

- A linguagem dos jogadores. Estavam famílias a ver os jogos, e é extremamente embaraçoso estar a defender um desporto quando de campo saltam as alhadas que por vezes ouvimos.

- A falta de respeito pela minha pessoa, por parte de dois elementos da equipa Damage 7…

- Jogadores e público afectos ás equipas a falarem para dentro de campo, é algo que (infelizmente) ainda não se pode admitir, e por esse ser um dado bem explicito nas regras é incompreensível que continue a suceder.

POSITIVO

- O Fair Play do Capitão dos Tinta Pura. Não é a primeira vez que demonstra ser um cavalheiro para além do guerreiro.

- A arbitragem. Estava com alguns receios de Isenção, mas estas duas equipas de arbitragem fizeram um trabalho bem acima da média. Mais uma vez parabéns e obrigado pelo trabalho.

- O ambiente fantástico que se viveu ao longo de toda a prova. Não fossem dois desacatos adrenaliticos e teríamos tido uma prova de sonho.

- A estreia de mais duas equipas na competição. Nunca serão demais, mas graças á Estratego o numero avoluma-se.

- Desculpem repetir-me mas: A presença das meninas dentro e fora das redes, partilhando a paixão pelo desporto, concedendo-lhe o toque que apenas elas conseguem conferir ao Universo, é fenomenal para o ambiente e fotogenia dos torneios.

- A Raquel, que foi incansável não só no cumprimento dos horários do campo 2, como na forma mega simpática e eficiente como recebeu e processou todos os números da prova.

- Andámos sempre á frente do calendário agendado.

DREAM TEAM 5 man
POMBO – Checkpaint
PEDROV - Checkpaint
JOÃO – Party Boyz - MVP 5man
SANCHO – Zona Oeste
JAIME – Tinta Pura
LEANDRO – Paintlanders
GABRIEL – Party Kidz – Jogador revelação

DREAM TEAM 7 man
JAIME MENINO – Trolls
DAVID MOURATO – Trolls
TONECA – Estratego Damage 7
ANJIX - Estratego Damage 7
TOÑITO - Estratego Damage 7 - MVP 7man
MIRA – Lobos
COLD FUSION - Lobos

Resta-me agradecer ao João Carriço aka JAC, que mesmo não estando fisicamente presente é o principal responsável por quase tudo o que esteve presente.
Agradecer á empresa Estratego pela oportunidade que me dão de fazer o meu trabalho.
Ao restante Staff da empresa Estratego por me ajudarem a executar o meu trabalho.
E agradecer a todos vós, os jogadores, porque é apenas graças a vocês que escrevo estas palavras.

Boa sorte

P.S.- Nenhum resultado final é oficial até ter sido devidamente homologado e publicado no Site do Open de Lisboa.

8 comentários:

Anónimo disse...

Acho interessante esta "crónica" sobre o OLX.

Mas sinceramente que é que esta prova teve demais das outras para além dos resultados?
Porque é que esta prova tem um testamento enorme, e o rlx realizado em belém (provavelmente uma das provas com mais público em portugal até à data) tem meia dúzia de linhas?

Já estou como o outro anon., um bocadinho de mais isenção não te faria mal.

Sei que só tiveste no sábado no rlx, mas mesmo desse dia havia muito mais para comentar... é de lamentar!

Planeta Redondo disse...

Outro anonimo a NÃO COMENTAR os eventos...

Boas

E que tal, tu que estiveste sabado em Belem, complementares a minha informação sobre o RLX?

Boa sorte

Anónimo disse...

Aahahah...
É engraçado a quantidade de anónimos que vem criticar o AC... Serão todos a mesma pessoa :D??
Se vocês gostam tanto de criticar porque não colocam nomes :D??? Talvez o registo seja um bocado "complicado", mas podiam assinar no final do post ;)!

Pois André dou-te os parabéns por tudo o que tens escrito neste forum, como já havia dito o João Anjolas, sem medo de opinar e criticar construtivamente e com argumentos... É muito bom, muito bom mesmo...

E a crónica esteve muito boa, embora não seja do vosso regional, acho óptimo o que fazes por cada prova do OLX... Penso que as equipas só de ler isto ganham mais pica... Muito bom o interesse que revelas por todas as equipas do vosso Regional, antes fossem todas assim e não prestacem atenção apenas às elites, ou mesmo não prestacem atenção a qualquer equipa... :)!

Congratz aos Trolls e Checkpaint, vcs estão lá...

Anom 720141 -Porque quando se critica deve-se assinar, pois eu acho que falar positivamente não precise de me vangulariar :D Ainda se fosse o contrário...

Congratz mais uma vez pelo forum e continua assim... ;)

José Santos disse...

Os anónimos andam a "trashar" tanto este blog, que eu estive quase para não dizer nada... Mas tem de ser. ;)

Epá André, aquela conversa toda sobre os almoços no megacampo, são uns intervalos comerciais espantosos . :D

José Santos

Planeta Redondo disse...

Boas Zé

É que não estou habituado a refeições de faca-e-garfo nos torneios... foram muitos anos com a bela da sandes (embrulhada em papel de aluminio), 3 ou 4 bananas, e umas bejecas mornas...

Os luxos têm que ser referidos.

Abraço

Cloud disse...

não esquecer os banhos quentes... nesta altura o calor não faz bem á memória que teima em esquecer as 3 provas debaixo de chuva, frio e vento...Que bem que soube!

Shor PCO, e um bocadinho de alcatrão na subida para o mega campo?

Anónimo disse...

agora como anonimo

Ah e tal, acho mal não seres isento, e digo isto só porque quero falar mal, porque para eu em vez de dizer mal fazer uma reportagenzinha... dá muito trabalho, mais vale só dizer mal!

Anónimo Cloud, sick of anonymous complains!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.