março 17, 2006

Diz o Zé Santos:

O paintball precisa de evoluir. Precisamos de trazer mais pessoas para
jogar. Precisamos de público. Precisamos de jogar no estrangeiro.
Precisamos de ganhar jogos no estrangeiro. Precisamos da TV.
Precisamos dos jornais.

Já me vendem estas ideias desde que comecei a jogar. Mas será que isto
é tudo verdade ou há aqui alguns mitos ? O paintball tem de evoluir.
Mas estamos a evoluir no bom caminho ?

TV + JORNAIS

Os jornalistas não gostam de nós. É pena, mas preferem abrir jornais
com pardais que morrem constipados. Nem enquanto desporto de 2ª
categoria nos safamos. Se meia dúzia de pessoas vão correr, dá direito
a uma aparição meio-escondida na TV2. Se essas pessoas têm marcadores,
nem isso merecem.

Os jornalistas não gostam de nós ? Eu também não gosto deles. Quem
colocou o paintball onde está hoje, não foram os jornalistas. Foi a
Internet. E eu acho que está na hora de assumirmos que este é a melhor
arma para divulgar a modalidade.

Com algum custo (talvez não tão grande assim), as organizações de
jogos/torneios podiam contractar pessoas para filmar/fotografar os
eventos e colocar os resultados na net. Acho que isto seria um grande
avanço, não só na publicidade, mas também seria uma mais valia, que os
organizadores "ofereciam" aos jogadores (clientes).

TEMOS DE SER MUITO BONS

Não sei porque, existe a ideia que é importante sermos todos bons
jogadores, para que o desporto evolua.
Temos de treinar mais. Temos de elevar o nível do jogo. Temos de
ganhar jogos, no estrangeiro. Temos de jogar sempre, cada vez melhor.
Existem vários fenómenos que mostram esta tendência/mentalidade. As
lojas de paintball dão melhores apoios às equipas que têm melhores
resultados (nem sempre é assim, mas é uma tendência). A LPP cria
obstáculos a que jogadores de divisões mais altas, joguem em divisões
mais baixas. A industria está constantemente a bombardear-nos com
publicidade a productos que nos vão fazer jogar melhor. Temos sempre
de ter os ultimos equipamentos, porque temos de ser bons.

Muitos jogadores têm abandonado este desporto, porque não aguentam
esta pressão constante. Não têm dinheiro para o ultimo equipamento.
Não têm tempo para tantos treinos, reuniões, torneios. Não conseguem
jogar melhor. E agora, um dia pensam em descer de divisão para poderem
continuar, mas nem isso podem fazer.

Por um lado, estamos a atrair cada vez mais jogadores, o que é bom.
Por outro lado, não estamos a conseguir manter cá, muitos outros
jogadores.
O paintball vai realmente ser grande, no dia em que seja possível ir
jogar uns jogos, com uns amigos a um torneio local qualquer, como
acontece hoje em dia com o futebol. Grupos de amigos/colegas
juntam-se ocasionalmente e vão jogar futebol. Não treinam 2x por semana,
porque não TÊM de ser os melhores. Vão apenas jogar à bola.

É claro que isto não será fácil, mas creio que seria fundamental
começarmos a imaginar o paintball não como um desporto para
putos-betos-em-forma-com-pais-ricos-e-sem-mais-nada-que-fazer, para um
desporto global (não necessariamente barato), para todas as pessoas,
de (quase :) ) todas as idades.

José Santos

3 comentários:

HANDSOFROCK (Faro) disse...

"seria fundamental
começarmos a imaginar o paintball não como um desporto para
putos-betos-em-forma-com-pais-ricos-e-sem-mais-nada-que-fazer, para um
desporto global (não necessariamente barato), para todas as pessoas,
de (quase :) ) todas as idades."

Este excerto diz tudo, concordo plenamente contigo. É dificil a situação em que muita malta se encontra de por algum motivo ter começado a jogar paintball e como obvio apanhar-lhe o "vicio", mas ver que as suas disponibilidades economicas nao se relacionam com a pratica desta modalidade. E que por outro lado outros compram marcadores quase de dois em dois meses. Isto põe-me doente. :)

Anónimo disse...

o suposto melhor jogador do mundo andou estes dois últimos anos sp c o mmo marcador..

Açoreano disse...

isto quando envolve competição toda a actividade transforma-se nisto, e começa não a ser um desporto mas sim um meio de enriquecer, um meio de $. j á não se joga pelo prazer e divertimento pelo qual todos nós nos iniciamos no paintball.Onde anda o espirito de convivio?o divertimento?a aventura?!tudo isto perde-se quando aparece a tal profissionalização!!é isto que queremos?!mais monopólio para enriquecer uns e stressar outros?!

deveriamos parar todos para pensar o que realmente desejamos das nossas activididades, se queremos nos divertir com os amigos ou entrar em paranóias doentias!

um bem haja a todos